Os milhões benfiquistas


Quem tem memória lembra-se que em 2001 o governo de António Guterres fazia aprovar aquilo a que chamava de “reforma fiscal” e que visava mais justiça e equidade. Um conjunto de medidas que faria subir ainda mais as receitas dos impostos e combater a fuga e fraude fiscal. Mas foi na mesma altura, que o ministro das finanças de então fechava os olhos a uma dívida monstruosa do SL Benfica que já vinha de há 2 anos atrás.

Isto era (e ainda é) absolutamente intolerável num país que se quer desenvolvido e democrático. Custava a acreditar na hipocrisia do governo e na discriminação com que o PS tratava o contribuinte comum. Este que, ao mínimo descuido, era “apanhado”. É que este “perdão” ao SL Benfica significava que o Estado estava – com o nosso dinheiro – a subsidiar a compra de jogadores, que não poucas vezes se fez (e ainda faz) com valores imorais.

Não é demais lembrar que o que estava aqui em causa eram muitos milhares de contos de impostos dos trabalhadores do clube, que foram retirados e não entregues aos cofres do Estado. Um crime fiscal de enorme dimensão. Um crime pelo qual muita gente foi (e ainda é) condenada e presa.

Mas o regabofe continua para os lados da Luz. Apesar do passivo de 500 M€ o clube da águia continua a contratar jogadores como se não houvesse amanhã. Isto apesar de estar a ter a melhor época dos últimos 15 anos.

No início da época o Benfica investiu cerca de 30 M€, mas agora a conta corrente já vai em quase 50 M€. Algo nunca antes visto no futebol português. Aliás, tendo em conta também o Sporting CP, Lisboa lidera o mercado de transferências europeu algo inacreditável se tivermos em conta que somos dos países com mais dificuldades da UE.

Tudo isto é imoral, e parece muito duvidosa a forma como este dinheiro todo é conseguido. Ao ponto de fazer com que pessoas como Pinto da Costa (sería talvez a última pessoa que pensaríamos ouvir sobre este assunto) digam, com muita razão, que “não há petróleo no Porto”.

Anúncios

5 Responses to Os milhões benfiquistas

  1. diz:

    Eles enquanto continuarem a deitar nos mesmos, os mesmos continuarão a deitar-nos de rasto.

  2. Luis Melo diz:

    Caro Jó,

    A verdade é uma. Enquanto continuarmos a ter políticos deste nível (de qq partido) à frente dos destinos do país, continuará a haver atropelos sucessivos às leis, por parte dos mais poderosos, dos mais ricos, ou simplesmente dos que são amigos dos governantes.

  3. PINTO DA COSTA TEM RAZÃO !
    parece que há mesmo petróleo em LISBOA .
    Afinal quando há tempos se disse “há petróleo no Beato” o Profeta acertou em cheio ; é um filão
    que nestes tempos de crise,por todo o lado,deve
    ser bem explorado pelo Governo, para que grande
    parte do povo português possa ter uma vida melhor .

  4. A norte prefere-se investir em árbitros…

  5. […] final do ano passado, neste post falando dos “milhões” Benfiquistas para novas contratações, dizia eu que me parecia “muito duvidosa a forma como este dinheiro […]

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: