O Portugal que não quero (VI)

Somos, sem dúvida alguma, o país do chico-esperto. Isso vê-se em todo o lado. Na escola, no hospital, no comércio, nos serviços, na estrada, no trabalho, na praia, no restaurante, nos negócios, na política…

Chegamos a um ponto em que a chico-espertice é de tal ordem que a maioria elegeu (e re-elegeu), para colocar aos comandos do destino do país, um grupo da melhor estirpe dos chico-espertos.

Depois… claro… já não nos podemos admirar com notícias destas.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: