#Wikileaks tem documentos que culpam #Ensitel

28/12/2010

Há pouco mais de uma hora – e depois de as opiniões sobre o caso que opõe @jonasnuts e a Ensitel terem proliferado pela internet (redes sociais e blogosfera) – o Wikileaks publicou documentos que dão razão à cliente e provam que a empresa agiu de má fé.

Segundo os documentos revelados pela organização de Julien Assange, o telemóvel vendido a Maria João Nogueira já teria sido vendido a outro cliente, que o teria devolvido. Numa atitude típica de tuga chico-esperto, a loja terá colocado novamente o equipamento à venda tentando que houvesse um lorpa que lhe pegasse.

Estes dados não só deixam clara a forma como as empresas em Portugal fazem os seus negócios e (des)tratam os seus clientes, mas também a incapacidade ou falta de estratégia da ASAE e outras autoridades de defesa do consumidor, que andam mais preocupados com colheres de pau, doces regionais e afins.

Anúncios

Onde estava @EditeEstrela no Freeport/Face Oculta?

27/12/2010

A política está podre. Isso já não é novidade. Governantes, deputados, autarcas e afins são na sua maioria gente sem carácter, sem princípios, sem valores e muitas vezes corruptos. Para os actuais políticos os fins justificam os meios, mentindo e ultrapassando quaisquer limites de moral e ética.

Claro que há sempre excepções que confirmam a regra. Olhando de repente para o plano político actual vejo Rui Rio e Cavaco Silva como 2 oásis no deserto (ainda que, para mim, não estejam os dois no mesmo patamar). São 2 políticos com maneiras de actuar diferentes, mas são homens honestos.

Sendo assim estão em vantagem perante o eleitorado, pelo que os seus adversários tentam denegri-los para (pasme-se!) os puxarem para o baixo nível deles. Já sucedeu várias vezes, e nas Presidenciais 2011 acontece novamente. Só isso justifica o arrastamento de Cavaco para o caso BPN.

Mas aos arautos da verdade, como Defensor de Moura ou Edite Estrela, eu pergunto onde estavam aquando do caso Freeport ou do caso Face Oculta? Nessa altura não quiseram explicações, e agora querem?! Ao contrário de Sócrates, Cavaco deu-as em directo na TV.

Colocou no banco as suas poupanças, que foram aplicadas (total ou parcialmente) em acções. Ganhou, segundo é dito, 1.40€ por cada uma (um total de 140.000€ ?!). Quantos anónimos ganharam tanto ou mais quando, por exemplo, as acções da GALP subiram de 5€ para 15€? É crime? Não me parece.


#Wikileaks, agora a sério!

24/12/2010

Depois de vários posts a brincar com o Wikileaks, finalmente houve alguém que me questionou sobre o que eu de facto (e seriamente) achava da organização de Assenge. Em resposta ao Miguel Cizeron (aka Kuka) dei a minha explicação, que replico aqui para todos.

Sou daqueles que acha que nada é por acaso. Não acredito que haja, nas acções de Assenge, uma réstia de boa intenção. Não sei se o activista Australiano foi pago por terroristas, ou simplesmente sabia que desta forma iria tornar-se um dos homens mais poderosos e famosos do mundo.

Creio pouco em coincidências, e obviamente não será uma delas o facto de o alvo ser preferencialmente os EUA. O país que, bem ou mal, tem garantido a segurança e a democracia em várias zonas do Mundo. Não tenhamos memória curta, e lembremo-nos que se não fossem os EUA, teriamos sucumbido a Adolf Hitler.

1. Não vejo nenhuma vantagem na revelação de documentos que contêm comentários de uns políticos sobre outros. Só um ingénuo não sabe que políticos são homens e mulheres como nós. Se nós somos maledicentes e fazemos comentários jocosos dos nossos vizinhos, conhecidos e colegas, também eles farão dos seus. Estas revelações servem apenas para achincalhar e desestabilizar.

2. Não vejo nenhuma vantagem na revelação de documentos que contêm informações secretas, que mexem com a segurança das nações (sejam os EUA, a Rússia, a França ou Portugal). Sabemos que existem pessoas e organizações que apenas querem lançar o pânico e o mal (terroristas) e portanto para quê dar-lhes estas abébias? Para lhes ser mais fácil chacinar inocentes? (como fizeram em Nova York, em Madrid ou em Londres?)

3. Já outros documentos, como aqueles que denunciam corrupção política/económica, podem trazer proveitos ao ser publicados. A divulgação de escândalos que envolvem governantes tem a vantagem de dar a conhecer ao povo o verdadeiro carácter dos seus políticos. Tem a vantagem de abrir os olhos a alguns cegos que não querem ver. Com essa informação podem abrir-se investigações, processos e quiçá fazer-se justiça.

De qualquer modo, se houvesse alguma boa intenção no Wikileaks, a organização aproveitaria para revelar estes últimos documentos, mas nunca publicaria os primeiros (que não têm interesse absolutamente nenhum) ou os segundos (que podem provocar actos terroristas com consequências letais).


#Wikileaks também ataca no Natal

23/12/2010

Em plena época de festividades natalícias, o Wikileaks volta a lançar documentos que denunciam segredos muito bem guardados durante anos, décadas ou até séculos. Desta vez, os documentos publicados no site da organização de Julien Assange, provam que o Pai Natal não existe, que as Renas não voam (o FBI terá mesmo dado de beber Red-Bull e nem assim elas voaram) e que os Gnomos não passam de anões com orelhas feitas de silicone. Esta revelação pode por em causa todo o significado do Natal para a maioria das pessoas, nomeadamente para as crianças, que arriscam ter desiquilíbrios emocionais.


Pergunta que se impõe (I)

22/12/2010

Porque é que a grande maioria dos táxis em Portugal é de marca Mercedes-Benz, e não se vê por exemplo táxis de marca BMW? … As duas são marcas alemãs e estão ao mesmo nível…


Futuro de Jorge Costa passa pelo Dragão

21/12/2010

Quando soube da notícia do abandono de Jorge Costa da Associação Académica de Coimbra – OAF pensei que tudo estava relacionado com resultados desportivos. No entanto sabia que não era porque os resultados globais tivessem sido assim tão maus até agora. Muito pelo contrário, o objectivo da AAC é não descer, e antes de chegarmos a metade do campeonato, já tem 18 pontos (precisa de 30 pts) e ocupa o 9º lugar.

Pensei que estava relacionado com os resultados, porque Jorge Costa é um homem de palavra. Na semana passada, depois da derrota por 5-1 com o Marítimo, ouvi-o dizer “Esta é uma derrota pesada. Perdemos bem, nada a dizer. Mas agora deixo uma garantia: Isto não vai voltar a acontecer“. O facto é que aconteceu, contra o SC Braga. Perdeu 5-0.

Vai daí, conhecendo o carácter do ex-capitão do FC Porto, pensei logo que seria o assumir da responsabilidade depois de ter proferido tais palavras. Mesmo sabendo que o trabalho que estava a desempenhar era bom e meritório. Ao contrário de outros, ele não faria de conta que nada tinha dito e assobiaria para o lado, tentando quiçá arranjar bodes expiatórios.

Afinal não será só isso. Disse Jorge Costa que abandona não a AAC-OAF mas o futebol… “Por motivos estritamente pessoais que não me permitem continuar a actividade profissional que mais me realiza“. Espero que não seja nada grave e que volte depressa. A passagem pelo SC Braga, pelo SC Olhanense e pela AA Coimbra provam que o seu futuro pode passar pelo banco do Dragão.


Boas Festas em tempo de crise

21/12/2010

Esta foi a mensagem de Boas Festas que enviei aos meus amigos. Deixo-a também aqui, para os meus leitores.

Caros amigos e amigas,

O tempo é de crise financeira, e por isso vos envio esta mensagem de email (grátis) ao invés de um sms/chamada.
O tempo é de crise económica, e por isso envio uma mensagem de email para todos ao invés de mensagem personalizada.
O tempo é de crise social, e por isso peço-vos que nesta altura de Natal sejam mais solidarios do que o que já são no dia-a-dia.
O tempo é de crise de valores, e por isso nesta quadra devemos dar o exemplo sendo educados, civilizados e honestos.

Mas, como dizem vários especialistas, o tempo de crise é também um tempo de oportunidades.
Devemos por isso aproveitar o sentimento positivo e alegre deste período para ganharmos ânimo e embalagem para um ano melhor.
Melhor a nível pessoal, profissional, político, desportivo ou cultural (penso que assim abranjo toda a gente).

Desejo-vos um natal cheio de alegria, junto da família e também dos amigos.
Desejo-vos um natal com um bom bacalhau cozido (ai, já estou com água na boca).
Desejo-vos um natal com um perú tenro e bem acompanhado (hum, já sinto o cheiro).
Desejo-vos um natal com legumes (é para abranger os vegetarianos), fruta e doces (ui, mais uns quilitos)

Resumindo, quero desejar-vos um Feliz Natal e um Bom Ano Novo.
Boas festas… Beijos e Abraços


%d bloggers like this: