Confissão compatível com declarações?

Como é habitual nestes casos, a comunicação dita social recolhe muitas declarações de familiares e amigos. Não há ninguém que aponte um defeito. Tratam-se sempre de pessoas perfeitas, sem defeitos e só com qualidades.

Ouvimos dizer: “o meu filho é tímido […] é um menino de ouro, de tão bom que é […] é tímido e incapaz de cometer tal atrocidade” ou “um bom aluno, mais no liceu do que na faculdade, mas mesmo assim bom aluno […] nunca entrou em conflitos“.

Também disseram: “É um tipo normal, calmo, mesmo a jogar basquetebol […] Sempre deu a entender que gostava de raparigas, como todos nós” ou “todos achámos engraçado e diferente o facto de ele ter dito que gosta de ver novelas com a irmãs

Eu pergunto, como podem ser estas afirmações compatíveis com isto: Renato Seabra confessou às autoridades americanas ter assassinado e arrancado os testículos de Carlos Castro com um saca-rolhas, para o libertar dos demónios da homossexualidade.

Anúncios

7 Responses to Confissão compatível com declarações?

  1. cefaria diz:

    Cá está um tema de que não gosto falar, assim vou rematar ao lado e logo se deduz o que penso.
    Portugal é país onde um dos programas de TV mais vistos tem sido um concurso de bisbilhotisse em que vence um dono, ex-dono ou candidato a dono de um bar de alterne que se diz pastor. Há umas décadas atrás quem na rua ou em bar tinha um negócio relacionado com o que se passa num bar de alterne tinha outro nome nada digno e não admirado pelo povo.
    Vivemos numa sociedade que perdeu as referências, que já não sabe o que são valores, confunde direitos com preconceitos, por isso não admira que num crime, o importante a salvaguardar seja a masculinidade do presumível criminoso, não a sua inocência.
    É o mundo ao contrário a tornar-se cada vez mais real.

    • Luis Melo diz:

      Partilho da sua opinião. Daí ter escrito, há uns tempos, que estamos em crise de valores, mais do que em crise económica, financeira ou social…

  2. ........ diz:

    A realidade é que os Portugueses, gostam de se diminuir em relação ao resto do mundo, vejamos, tudo o que está dito é que somos pessoas com mentes atrasadas, só vamos atrás das bisbilhotices, e que o resto do mundo é melhor……
    Estão a esquecer-se que sempre que dizem isso, estão a incluir-se, porque também são portugueses.

    Em todo o mundo existe revistas, cor de rosa, mirones, e tudo o que normalmente dizem que somos negativamente. Os programas sensacionalistas cheios de bisbilhotices, são comprados a outros países, o conceito jet set, foi trazido para Portugal, entre outros…..

    É verdade sim que o conceito de civismo, sociedade, está completamente alterado, porque todos temos um ponto de vista diferente, e quem sou eu, para dizer que tenho uma maior capacidade de discernir, o termo razão.

  3. ........ diz:

    Contudo um homicídio, é sempre um homicídio, a brutalidade dos actos são punidos judicialmente, e não se pode dizer que é um caso de perspectiva.

    Mas antes de qualquer julgamento, tem de se saber o que levou a isso….. Lembremo-nos que o nosso cérebro é uma arma carregada, pronta para disparar, e muitas vezes tem algo que desbloqueia o gatilho.

    Não sabemos se algum dia seremos nós os julgados. Espero manter uma mente sempre sã, e que o meu nível de loucura seja sempre controlável.

    • Luis Melo diz:

      Sem dúvida. A mim custa-me é a perceber como alguém tão perfeito (na descrição de amigos e familiares) pode cometer tal atrocidade.
      É que não se trata de matar alguém, trata-se de espanca-lo e mutilar-lhe os genitais… isso é doentio.
      A não ser que… e é uma hipótese… estivessem sobre o efeito de drogas pesadas…

      • Penso que este é o típico caso em que alguém cedou a uma enorme pressão, um crime é sempre um crime é verdade, mas daqui a maior lição que deveremos tirar todos é evitar colocarmo-nos em situações que nos levem a tomar atitudes completamente fora do normal. A maturidade ajuda-nos a identificar essas situações que acabaram por nos rebentar com os nervos, infelismente este rapaz não a teve, “virou o boneco” e agora acabará por pagar o preço de uma vida sem sentido.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: