José #Mourinho, o necessário e o suficiente

Está provado que, ao contrário do que em tempos disse Vicente del Bosque, para ser o melhor treinador do mundo não é suficiente ter os melhores jogadores, mas sim conseguir construir a melhor equipa – afinal de contas o futebol é um desporto colectivo. O espanhol não poderia ser o melhor treinador do mundo.

Está provado que, ao contrário do que dizem os apoiantes de Pepe Guardiola, não é necessário jogar bonito para se ser o melhor treinador do mundo, o que é preciso é vencer – afinal de contas os títulos conquistam-se com vitórias. O outro espanhol não poderia ser o melhor treinador do mundo.

José Mourinho constrói boas equipas e vence. Fá-lo com muito trabalho, exigência e estudo. Socorre-se da ciência, da tecnologia e dos melhores adjuntos. Coloca emoção e muita ambição nas suas acções. Transmite confiança e motivação.

É naturalmente um líder, tendo uma capacidade e um carisma fora do vulgar. Ao mesmo tempo é humilde no seu trabalho, delegando funções, responsabilizando os colaboradores e confiando totalmente no trabalho que lhes atribui.

Por isto e por muito mais, José Mourinho é indiscutivelmente o melhor treinador do mundo na actualidade. Como todos os grandes homens da história mundial, não é perfeito, longe disso. Mas o prémio é para o treinador, não para o homem.

Anúncios

One Response to José #Mourinho, o necessário e o suficiente

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Luis Melo, Luis Melo. Luis Melo said: #Mourinho, o necessário e o suficiente: http://wp.me/pyNJX-u9 […]

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: