Não é o Special Two, é o Special Too

A vitória do FC Porto na Liga Europa 2010/2011 é mais uma prova (entre tantas) da grandiosidade do clube na Europa do futebol. O FCP é claramente um dos melhores clubes do Mundo. Há várias décadas que assim é, mas nesta última tirou todas as dúvidas, se é que as havia.

Tal como escrevi há tempos “Uma equipa não é a melhor por vencer uma vez, é-o por vencer constantemente“. E o FCP fá-lo como poucos na Europa do futebol. Nem os maiores colossos (Man Utd, FC Barcelona, Real Madrid, Inter Milão, AC Milan, Bayern Munique) conseguem vencer desta forma.

Nos últimos 10 anos o FCP venceu 7 campeonatos, 5 Taças de Portugal, 6 Supertaças Portuguesas, 2 Taças UEFA, uma Liga dos Campeões Europeus e um Campeonato do Mundo de clubes. Duvido que haja paralelo. Este palmarés é incrível e deita por terra qualquer argumento adversário.

Se há uns anos atrás o rosto do domínio do FCP na Europa (já que em Portugal tem sido constante) foi José Mourinho, o Special One, este ano, é André Villas-Boas, o Special Too (e não Special Two). O treinador do FCP é um exemplo de competência, liderança, carácter e humildade.

Ontem de manhã escrevi no twitterUm dia vou festejar um título europeu do FC Porto, na cidade de Lisboa. Hoje é esse dia“… graças a André Villas-Boas, ontem foi mesmo esse dia. E soube bem, muito bem. Só me faltaram os meus amigos portistas de Santo Tirso, para o festejo ser perfeito.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: