3 razões porque não gosto de maçons


Não gosto da maçonaria. E não gosto por 3 ordens de razões. Curiosamente, todas ligadas à acção desta organização discreta (e não secreta).

A sua acção, por definição, tem por objectivo apenas contribuir para o desenvolvimento ou evolução do próprio maçon. Não tem por fim ajudar a sociedade onde se insere ou sequer o grupo de pessoas que dela fazem parte. Ou seja, é uma organização com objectivos egoístas.

A sua acção, na realidade, não é transparente. Não se entende para que serve, de facto, a maçonaria. Não se conhecem realizações para atingir os objectivos que estão na base da sua existência. Sabemos o que são e o que fazem os escuteiros, os rotários, etc. Mas não os maçons.

A sua acção, por suspeita ou até constatação, é apenas e só o vil e ilegal tráfico de influências. E ao que parece o objectivo único dessa prática é o benefício e privilégio, não da sociedade, mas dos próprios maçons. Benefício esse que invariavelmente é ilegitimamente financeiro.

Anúncios

3 Responses to 3 razões porque não gosto de maçons

  1. cefaria diz:

    Não gosto de maçonarias… mas parece-me que na origem desta está mais a transformação da sociedade do que do indivíduo… veja-se a revolução francesa;
    O secretismo tem mais a ver com a sua sobrevivência, tendo em conta o litígio inicial com a igreja altamente ligada ao poder absolutista então instalado de que resultavam perseguições concretas, situação que nunca se ultrapassou até hoje, embora não tenham destruído a Igreja conseguiram cravar o pai natal em vários países da Europa como o nosso, outro fruto direto da maçonaria para substituir a componente religiosa da época, embora com a ajuda da coke.
    A última não se até que ponto é verdade, mas é o que transparece atualmente da maçonaria de facto.

    • Luis Melo diz:

      Caro cefaria, não sou especialista no tema “maçonaria” mas pelo que pude pesquisar, só encontrei como objectivo único o desenvolvimento e evolução do próprio individuo, e não algo relacionado com a sociedade. Mas enfim… podem haver tipos diferentes de maçonarias.

      • cefaria diz:

        A brincar Umberto Eco diz algumas coisas sobre o assunto n ‘ O Cemitério de Praga… mais a sério, Victor Hugo n’ Os Miseráveis, mas há muito mais em literatura menos artística e ficcional.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: