Santo Tirso é lindo. Esta é a realidade?

Santo Tirso é lindo, Santo Tirso é lindo. Esta é a realidade. Santo Tirso é lindo, Santo Tirso é lindo. É a mais bela cidade“. Dois versos que me ensinaram a cantar quando fui caloiro na UTAD, universidade que nesse ano de 1996 tinha já uma grande “comunidade Tirsense”.

E de facto, nessa altura, Santo Tirso ainda tinha algum do seu encanto (obviamente incomparável com o que me dizem ter tido nos primeiros 3/4 do século XX) mas de qualquer forma já se faziam sentir os efeitos de algum declínio na sua qualidade de vida.

Na verdade, em tempos, Santo Tirso foi um dos concelhos mais importantes do país, na medida em que alojava grandes indústrias (nomeadamente têxteis e metalomecânicas). Chegou mesmo a ser o concelho que mais contribuía (em proporção) para a produtividade nacional.

A cidade e o concelho produziam riqueza, a Economia efervescia, a Cultura vivia um estado salutar, o Desporto trazia resultados e alegrias. Estavam disponíveis diversos Serviços (Escola, Hospital, Telefones, Electricidade, Seguros, Banca, etc). O que se chama “qualidade de vida”.

Mas nos últimos anos Santo Tirso vem experienciando dificuldades, consequência de factores externos mas também internos. A crise do sector têxtil, a desagregação da Trofa, e mais recentemente a crise financeira Nacional, vieram retirar a Santo Tirso algum do seu encanto.

E Santo Tirso não se soube reinventar. Aqui incluo não só quem teve de liderar os seus destinos, mas também a população. Não se soube adaptar aos novos tempos e aos novos cenários. Ao invés de lutarem por mais, os Tirsenses iam contentando-se com o pouco que lhes deixavam.

Recordo-me que nos últimos anos a derradeira justificação para considerar que “Santo Tirso é lindo” era a Segurança. Dizia-se que ainda se podia sair de casa (de dia e de noite) à vontade, ainda se podia descansar quando os filhos (crianças e adolescentes) andavam na rua.

Chegados a 2012, o que podemos dizer sobre isso? Tiroteios no Largo da Feira e carros incendiados na Rua Ferreira de Lemos. Notícias que dão conta de um “gang Tirsense” que assassinou um ourives em Viana do Castelo. Jovens detidos, julgados e condenados pelo tráfico de droga.

Escrito num icónico local Tirsense: “A vila de Santo Tirso, de pequenina tem graça. Tem um chafariz no meio, que dá de beber a quem passa“. Pois infelizmente a vila (entretanto promovida a cidade) perdeu a sua graça e já nem o chafariz tira a sede a quem passa. Seja da terra ou forasteiro.

Se os Tirsenses querem mudar este estado de coisas, se querem desviar o rumo em direcção ao caminho certo, terão de tomar o destino nas suas mãos. Como? Participando activamente na sociedade Tirsense. Ao nível Político, Cultural, Desportivo, Económico, Social.

Só desta forma poderão aspirar a ter novamente a qualidade de vida que tinham antigamente, potenciada por outras tantas coisas boas que o século XXI nos trouxe.

Anúncios

One Response to Santo Tirso é lindo. Esta é a realidade?

  1. Faço minhas as suas palavras, adaptando-as à minha terra natal: Elvas.
    Podemos apontar as culpas ao poder central e ao poder local, não podemos é excluir as responsabilidades da população no estado das nossas vilas e cidades. Concordo em absoluto quando diz que é preciso mais participação, no fundo mais interesse pelos nossos destinos.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: