Reviravolta no PS de Santo Tirso

Há precisamente 1 mês atrás eu escrevia que as eleições internas no PS Santo Tirso eram um passo decisivo para Joaquim Couto. Perdendo, o ex-Presidente da CMST não teria mais possibilidade de ser nomeado candidato nas Autárquicas 2013, como pretendia.

O facto é que Joaquim Couto perdeu mesmo para o seu arqui-inimigo Castro Fernandes. O actual Presidente da CMST, viu-se na obrigação de voltar a disputar a concelhia para retirar a possibilidade de Joaquim Couto poder controlar o processo autárquico.

Mas quem diria que uma reviravolta atiraria por terra o que vaticinei. Este sábado, disputava-se a liderança do PS Porto entre José Luís Carneiro e Guilherme Pinto. O Presidente da Câmara de Baião não só venceu como baralhou as contas em Santo Tirso.

A lista que apoiava José Luís Carneiro, encabeçada por José Pedro Machado (dissidente do PS de Castro Fernandes), venceu a lista apoiante de Guilherme Pinto, encabeçada por Ana Maria Ferreira (que seria provavelmente escolhida por Castro Fernandes em 2013).

O que aconteceu é mais significativo do que possa parecer. Em 589 votantes (15% de abstenção) José Pedro Machado venceu com 303 votos contra 286 de Ana Maria Ferreira. Este será o mesmo universo que em Outubro escolherá o candidato nas Autárquicas 2013.

Segundo sei, os estatutos do PS dizem que o vencedor nestas “Primárias” de Outubro terá de ser o candidato autárquico. Mesmo que a Comissão Política local assim não o deseje. Pelo que a “entourage” de Castro Fernandes tem muito com que se preocupar.

Se Ana Maria Ferreira (vice-Presidente da CMST e elemento mais próximo de Castro Fernandes) perdeu a eleição para José Pedro Machado (que manifestamente não tem o mesmo peso político) o que dizer se, em Outubro, tiver de se defrontar com Joaquim Couto.

Quem pensava que, no que toca às Autárquicas 2013, as coisas no PS Santo Tirso estavam resolvidas (e eu era um deles) enganou-se. Muita água ainda vai correr sobre a ponte, e para isso muito contribuiu José Luís Carneiro e o surpreendente José Pedro Machado.

Anúncios

39 Responses to Reviravolta no PS de Santo Tirso

  1. Zeca diz:

    desculpe mas no concelho de Santo Tirso ganhou a Lista B.
    Cumpts

    • Luis Melo diz:

      Caro Zeca,

      Na eleição a que me refiro, venceu José Pedro Machado a Ana Maria Ferreira. 303 contra 286 votos. Isto na secção de Santo Tirso, em que votam quase 90% dos militantes de Santo Tirso. Na outra secção, a de Vila das Aves, onde votam pouco mais de 70 militantes, ao que sei venceu o Rui Ribeiro, que apoiava Guilherme Pinto, por 55-11. Não creio portanto estar enganado na minha análise.

  2. Rui Ribeiro diz:

    O partido Socialista de Santo Tirso engloba todas as secções e Vila das Aves É uma parte integrante do Concelho da Secção de Santo Tirso. Separar as votações é artificial até porque o que, EFECTIVA E REALMENTE conta é o RESULTADO FINAL da votação. Fazer tal é mascarar a realidade dos números e é uma desconsideração pela secção de Vila das Aves, o que, naturalmente, não é aceitável nem justo. Os militantes de Vila das Aves valem tanto como os de Santo Tirso e vice-versa. Em Vila das Aves não ganhou Rui Ribeiro, ganhou a Lista B. Eu não era candidato, mas sim Guilherme Pinto, é bom que não se confundam as coisas. Assim como em Santo Tirso (concelho) ganhou a LISTA B que, no conjunto das secções teve mais votos e elegeu mais delegados ao Congresso Distrital. Pessoalizar um acto eleitoral, envolvendo pretensos candidatos (ainda não anunciados) é distorcer a realidade e não é uma leitura política correcta. A seu tempo o partido decidirá, seja qual for a forma que se venha a adoptar. Até lá tudo o que se possa escrever, não passará de pura especulação, pelo que deverá ser encarado com a prudência necessária.

    • Luis Melo diz:

      Caro Rui Ribeiro,

      Se há alguém que aqui tenta mascarar a realidade dos números não sou eu, até porque eles são bem claros. Atente ao que foi escrito: É mentira que José Pedro Machado venceu Ana Maria Ferreira por 303 votos contra 286? Não é pois não? Foi isso mesmo que foi relatado, pelo que não há qualquer distorção. E que se saiba, José Luís Carneiro venceu a distrital do Porto a Guilherme Pinto. Pelo que mais uma vez não há qualquer distorção.

      Relativamente a Vila das Aves, compreendo que o Rui Ribeiro fique melindrado pelo facto de se tratar da sua freguesia, e também a terra natal do seu mais que tudo Castro Fernandes. Mas a realidade mostra-nos que o número de militantes fica muito aquém daquilo que era suposto. Vai mascarar a realidade dos números? É uma freguesia sem muito “peso”. Talvez culpa dos responsáveis partidários locais.

      Diz que “Os militantes de Vila das Aves valem tanto como os de Santo Tirso”. Pois valem. Mas se em Santo Tirso houver 5.000 e em Vilas das Aves 500, não é preciso ser professor de matemática para se adivinhar o resultado.

      Fala em “pessoalizar” e em “pretensos candidatos”. Será que o Rui Ribeiro quando se propõe a disputar uma eleição não assume total responsabilidade pelo resultado? Ou será que só assume quando o resultado lhe agrada? E quando uma pessoa se assume como cabeça de lista (ou até mesmo mandatário) não está também em causa a sua credibilidade? Senão, para que servem os mandatários ou cabeça de lista locais?

      De resto, ainda tenho liberdade para fazer a minha análise e emitir os meus juízos de valor em relação a seja o que for. Posso nomear ou especular sobre candidatos à CMST. Não é distorcer a realidade, é a minha opinião. Pela qual assumo sempre as responsabilidades. E tomo a precaução que bem entender. Assumo também as consequências. Se é ou não uma leitura política correcta, o futuro dirá, e espero vê-lo por aqui quando for anunciado o candidato escolhido pelo seu querido líder.

      • Paulo Loureiro diz:

        1) Na secção de Santo Tirso (onde estão inscritos cerca de 1000 militantes, sendo que desses, apenas 695 militantes estavam em condições de exercer o direito de voto) venceu a Lista A que apoiava José Luís Carneiro, quer na votação para Presidente de Federação (302 para a lista A e 287 para a lista B) quer na eleição de delegados ao Congresso Distrital da qual era cabeça de lista o Dr. José Pedro Machado (303 votos para a lista A e 286 votos para a Lista B);

        2) Na Secção de Vila das Aves onde estão inscritos 76 militantes, venceu a Lista B que apoiava Guilherme Pinto, quer na votação para Presidente da Federação (11 votos para a Lista A e 55 votos para a lista B) quer na eleição de delegados ao Congresso;

        3) Uma vez que estas eleições destinavam-se a eleger o Presidente da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista, foi então eleito como o novo Presidente o Dr. José Luís Carneiro, candidato pela Lista A, tendo José Luís Carneiro obtido 61% dos delegados ao Congresso enquanto que a Lista B encabeçada por Guilherme Pinto obteve cerca de 39%.

        4) Estamos portanto a assistir a uma clara mudança política quer no Distrito do Porto quer no concelho de Santo Tirso.

  3. Rui Ribeiro diz:

    Sr. Luis Melo

    Estou sempre dusponivel para discutir politica, sempre que tal seja feito com elevação e respeito.
    Respeito a sua opinião, obviamente, mas o facto de não concordar com a minha não lhe dá o direito de ser grosseiro e mal educado.
    A democracia não dever ser intrepertada como um salvo conduto para a falta de educação.
    Quando o Sr. Luis Melo estiver pronto para discutir respeitando os outros, cá estarei.

    • Luis Melo diz:

      Grosseiro e mal educado? Onde? Faça o favor de transcrever a parte em que o fui.

      Doutra forma serei obrigado a crer que, como seria de esperar, ao ficar sem contra-argumentos desviasse o assunto.

      Comigo isso não resulta caro Rui Ribeiro. Talvez com alguns dos seus colegas de partido. Mas não comigo.

      Bem haja e volte sempre que quiser e estiver interessado em ler opiniões de gente livre e que pensa pela própria cabeça.

      • Rui Ribeiro diz:

        Sr. Luis Melo,

        A sua memória sofre de um mal muito comum, infelizmente. A memória curta. Leia com atenção o que tem escrito ( e não só estas ultimas palavras) e, como diz o povo na sua eterna sabedoria, ponha a mãozinha na consciência. Inapto será V. Exª. , além de outras pérolas da sua escrita imberbe. Como já tenho dito a alguns, meu caro, cresça e apareça. Fique bem e continue a vociferar. Combina bem consigo.

      • Luis Melo diz:

        Caro Rui Ribeiro,

        1. Como costumo dizer, o “Senhor” está no céu. Não precisa de me chamar “Senhor”. Eu sei que pelas suas bandas as pessoas gostam de ser tratadas pelos títulos. Tudo o que tem curso superior é “Doutor” e “Engenheiro”. Quem não tem (como é o caso de alguns) luta por comprar um título ou então sente-se para sempre inferior. Eu não jogo “nessa equipa”, mas se quiser tratar-me pelo título então não se engane. Não é “Senhor”, é “Senhor Engenheiro”… hehehe.

        2. Tal como lhe disse, volto a repetir. O que digo e escrevo sai da minha cabeça e da ponta dos meus dedos. Cabeça essa que pensa sozinha e livremente. Para além disso, assumo todas as responsabilidades e consequências pelo que escrevo e digo. Sim, lembro-me perfeitamente de o ter caracterizado a si como “inapto politicamente”.

        3. Aceito que discorde da minha opinião, mas a verdade é que o foi. O mesmo pensou Castro Fernandes. Caso contrário, se vossa excelência não fosse inapto politicamente, porque voltaria Castro Fernandes para defonrtar Joaquim Couto? Então vossa excelência não estava mais que apto para o defrontar? E que trabalho fez na concelhia enquanto a liderou?

        De resto não me surpreende que o Rui Ribeiro, na falta de argumentos para contrapor o que aqui foi dito, parta para o insulto pessoal. Eu até achava que já estava a demorar. Porque é esse o principal escape dos “inaptos”. E para finalizar, quando nem pelo insulto se pode enveredar mais, vem o comentário paternal do “cresça e apareça”. Sim porque o que faz um HOMEM não é a sua capacidade, mas a sua idade, certo? Se assim fosse o Cristiano Ronaldo era um péssimo jogador e o Eusébio era o melhor do mundo.

        Bem haja, e volte sempre. É um prazer discutir saudavelmente com alguém que, apesar de tudo, gosta de dar a cara.

  4. António José Marques de Carvalho diz:

    Na secção de Santo Tirso, não há qualquer dúvida, que o candidato da Lista A – Dr. José Pedro Machado, ganhou claramente à candidata da Lista B – Engª Ana Maria, actualmente a exercer as funções de substituta do Presidente da Câmara, nas suas ausências ou impedimentos, portanto Vice Presidente da Câmara, com 51,5% dos votos.
    No entanto, convém lembrar a muita gentinha, que gravita à volta do Presidente da Câmara, Eng.º Castro Fernandes, que se este não impedisse a inscrição no Partido Socialista, aqui há uns tempos atrás, sim porque era um dos mandões do Partido, controlando o que lhe interessava, quer a nível local, quer a nível distrital, dizia eu que se não impedisse de uma maneira grosseira e vergonhosa, a inscrição de 25 militantes, o resultado nas últimas eleições, quer para a Comissão Política Concelhia e Federação Distrital do Porto, seria bem diferente.
    Convém também lembrar, que se não fosse o conluio, entre o Secretário Coordenador do Partido Socialista, Rogério Frião e o Presidente da Câmara, que impediu que 82 militantes, afectos à candidatura do Dr. Joaquim Couto pudessem votar para a Comissão Política Concelhia, o resultado seria bem diferente.
    Mas, lutando contra um aparelho fortíssimo, com o controlo dos Presidentes de Junta, elementos ligados às associações desportivas, recreativas e culturais e com meios, de que não dispunhamos, bem como o controlo do Jornal de Santo Tirso, onde apareceram artigos assinados sob pseudónimos que nós bem conhecemos, conseguimos uma vitória inequívoca.
    O presidente da Câmara, quando lhe convêm, fala em termos concelhios, e noutras situações fala em termos locais. Isto, para dizer, que é inequívoco, que o Presidente da Câmara, teve uma derrota, que eu considero humilhante. Que tire daí, as consequências devidas. É através de projectos e ideias que se consegue atrair a adesão dos militantes, não é com atitudes persecutórias e amedrontando as pessoas, que se atingem determinados objectivos…………..

  5. Luis Melo diz:

    Imagino que o Rui Ribeiro, para alem de nao ter argumentos para contrariar o que escrevo, tambem nao tem argumentos para o Paulo Loureiro ou o António José Marques de Carvalho, que tanto quanto se pode perceber, sao seus colegas de partido no PS.

  6. Zeca diz:

    Estas frases foram um bocadito puxadas e a tocar a falta de respeito para com Rui Ribeiro:
    “…candidato escolhido pelo seu querido líder.”
    “…do seu mais que tudo Castro Fernandes”
    este tipo de linguagem é o mesmo que comparar Pinto da Costa (Castro Fernandes) e os seu queridos e doentios seguidores adeptos do FCP (Rui Ribeiro e demais militantes).
    Mas continuando em termos futebolísticos, poderá dizer-se que a Lista A, teve uma vitória moral, mas quem ganhou na realidade foi a B, é o que vai “rezar a história”.
    No que toca ao Sr. Carvalho precisa é de descanso, pois está nisto por razões económico-pessoais e não pela dedicação ao concelho, como esteve faz anos atrás….
    Mas o que fica demonstrado relativamente à politica tirsense, é que o PS e os seus militantes estão sempre activos com disputas normais em democracia e o mesmo já não se pode dizer relativamente ao PSD, como já referiu e se queixou aqui várias vezes Luis Melo.
    Imaginemos o que aconteceria, se por acaso em “sonhos” o PSD ganhe a Camara, aí alguns tirsenses iriam ver o que é realmente ditadura e clientelismo, porque muitos de nós conhecemos bem os elementos que seguem e apoiam Alirio e quais são os seus verdadeiros objectivos, e isso depois pagasse bem caro, como aconteceu quando o PSD esteve no poder em Santo Tirso.

    • Luis Melo diz:

      Caro Zeca ou Advogado de Defesa do Rui Ribeiro,

      É mentira que Castro Fernandes é um “mais que tudo” para Rui Ribeiro? Que é o seu lider preferido? Não creio. O próprio deve com toda a certeza orgulho em dizer que se revê em tudo o que Castro Fernandes diz e faz. Então porque se ofenderia?

      Acha que isto é o mesmo que comparar Pinto da Costa a Castro Fernandes. Eu imagino que Castro Fernandes ficaria contente. Penso que já por muitas vezes Castro Fernandes demonstrou em público a sua preferência pelo FCP e admiração por Pinto da Costa.

      Diz que “o PS e os seus militantes estão sempre activos com disputas normais e o mesmo já não se pode dizer relativamente ao PSD“. Não concordo. Eu próprio me envolvi em varias disputas democraticas nos ultimos anos. Quanto ao PS, se nao fosse a chegada de Joaquim Couto, continuaria a viver no “feudo” de Castro Fernandes.

      • Rui Ribeiro diz:

        Ó Sr. Melo, vá por favor chamar mais que tudo a quem fôr da sua família, por favor. E depois diz que não é mas educado. O Sr. não se enxerga? Chá SR. chá, é o que lhe falta.

  7. Carlos Pereira diz:

    Deixem-me começar por esclarecer que, mais uma vez, quem ganhou foi a gentinha do Castro Fernandes.
    Eu moro num Concelho que é composto por duas secções do PS onde o Dr. Joaquim Couto perdeu mais uma vez. Podem dar a volta que quiserem, mas os resultados são os mesmos.
    Deixem-me relembrar-lhes da DERROTA da Concelhia. Essa sim dirigida ao Dr. Joaquim Couto ferindo-o de morte. Queria ele adiar as eleições. Queria ele impugnar as eleições. Queria ele ganhar na secretaria. Pois é, derrota total em todas as frentes. Mas deixem-me contar-vos tudo.
    O Dr. Joaquim Couto tem andado desde há muito tempo a recrutar militantes em paletes. Quando digo paletes refiro-me mesmo do estrangeiro (Guardizela, Lordelo, Moreira de Cónegos, riba d’Ave, etc, etc, etc).
    E aqui esta o senão da questão. Como o candidato a candidato sabia que no secretariado da secção estes militantes eram recusados mandou-os diretamente para Lisboa. Ora Lisboa, (como manda os estatutos) devolveu-os à secção. Quero lembrar que o militante tem de ser proposto por outros dois militantes com mais de seis meses de militância. A secção depara-se com um proponente de nome Paulo Loureiro com menos de seis meses de militância e recusa os tais 82 militantes.
    Mas sabem quem é este Paulo Loureiro? É simplesmente o indivíduo que na freguesia de S. Mamede cobrava dinheiro às pessoas para resolver problemas na Camara Municipal e do qual se desconhece atividade profissional… e a última que se conhece era precisamente a “explorar” as empresas falidas do Dr. Joaquim Couto.
    Reparem bem como anda obsessivo com a sua candidatura a candidato que Joaquim Couto permite que um militante com menos de seis meses de militância inscreva 82 indivíduos onde 30 não residem em santo Tirso.
    Alias a lista projeta bem o que advém de futuro: Um vereador que está no cargo apenas pelo dinheiro que ganha e não pelo trabalho político que faz pelos tirsenses. Se não tem a confiança política do presidente só tem um caminho a fazer. O seu antecessor que lhe sirva de exemplo!
    Passamos por outra pessoa que é agora presidente de junta enganando os eleitores da sua freguesia. Essa pessoa que se alimentou à custa da gentinha como Castro Fernandes e que comprou uns lotes de terreno que não conseguiu passar a área de construção passou então a ser um acérrimo defensor da morte de Castro Fernandes. Uma outra militante que nem mora em santo Tirso. Depois de casar foi morar para Valongo. Essa mesmo que constantemente diz mal da Câmara e dos seus Vereadores no seu Facebook. Mas há mais, um tal de Ricardo Pereira que cobrava uns dinheiros que desapareciam da Sociedade Portuguesa de Autores, e que foi condenado pelo tribunal ficando com o seu ordenado penhorado. E por agora fico por aqui… Enfim! A minha Mãe dizia: “Diz-me com quem andas que eu digo-te como és.”

    • Luis Melo diz:

      Caro Carlos Pereira,

      Li com atenção o seu comentário e ponderei se o havia de publicar.

      Na verdade ele não viola a única razão pela qual eu costumo rejeitar comentários neste blogue, ou seja não contém nenhum insultos. Para além do mais, o comentário não é anónimo. Está identificado como Carlos Pereira e obviamente que, para quem tem tanta moral, não duvido que este seja o seu nome verdadeiro. Pela maneira como fala, conhece bem aqueles que ataca, e presumo que eles tambem o conheçam. Pelo que se se quiserem dirigir a si, sabem como fazê-lo.

      Foi por estas razões que resolvi publicar o seu comentário, apesar de achar que ele contém acusações graves. Com ou sem fundamento, o senhor saberá. Alerto-o apenas para o facto de estas afirmações e acusações o vincularem apenas a si, e serem da sua inteira responsabilidade. Por elas terá de responder caso algum dos visados lhe peça explicações. Da minha parte, apenas cumpri o papel de “democrático” moderador, que apesar de tudo discorda do seu tom.

      • Ricardo Pereira diz:

        Caro Luís Melo,

        Em direito de resposta, o qual cabe a qualquer pessoa singular ou coletiva, organização, serviço ou organismo público, bem como ao titular de qualquer órgão ou responsável por estabelecimento público de responder, nas publicações periódicas, a qualquer facto ou acusação que tenha sido objeto de referência, ainda que indireta, e que possa afetar a sua reputação e boa fama. Este direito pode ser exercido tanto relativamente a textos como imagens, mas fica prejudicado se, com a concordância do interessado, o periódico tiver dirigido ou esclarecido o texto ou imagem em causa ou lhe tiver facultado outro meio de expor a sua posição. O direito de resposta é independente do procedimento criminal, bem como do direito à indemnização pelos danos causados por causa da publicação (artigo 24 da Lei de Imprensa). E na verdade, onde o Caro Luís Melo diz que ele não viola, ele viola, ou seja contém insultos.

        Calúnia, injúria e difamação são espécies de crimes contra a honra.

        Na calúnia, imputa-se falsamente a uma pessoa uma conduta definida como crime pela legislação penal.

        Na difamação, imputa-se a uma pessoa uma determinada conduta que macule a sua honra perante a sociedade, sem que essa conduta seja definida como ilícito penal. Não importa se a conduta imputada é ou não verdade, a mera imputação já configura o delito em questão.

        Na injúria, por sua vez, imputa-se ao ofendido uma conduta que não macula sua imagem perante a sociedade, mas que lhe ofende a própria honra subjetiva.

        Normalmente não respondo a comentários ou a provocações, muito menos de quem não conheço! Mas de facto não conheço esse senhor Carlos Pereira, mas cálculo que o Sr. Luís Melo o conheça, até porque se identificou e deixou publicar no seu blogue. Nesse sentido, peço em nome da verdade e da seriedade que me envie os dados dessa pessoa a fim de tomar as devidas CONSEQUENCIAS legais.

        Atentamente,
        Ricardo Pereira

      • Luis Melo diz:

        Caro Ricardo Pereira,

        Compreendo perfeitamente a sua posição. Tal como disse em comentário acima, acho que o que o Carlos Pereira fez foram acusações graves. Mas não o posso ajudar. Não conheço o Carlos Pereira nem tenho quaisquer dados da pessoa, a não ser o email com que comentou, que pode perfeitamente ser falso.

      • Zeca diz:

        Oh Ricardo !! quanto mais “falas” mais te enterras… deixa lá isso, porque há verdades que são mesmo verdadeiras…. tanto para ti como para o Carlos Pereira!

  8. Paulo Loureiro diz:

    Caro Luís Melo, fez bem em permitir a publicação deste post, porem deixo aqui o meu número de telemóvel, para que este Senhor me ligue ou que post aqui dizendo a quem levei dinheiro para tratar de algum processo na Camara Municipal De Santo Tirso, este numero está ao seu dispor 910742393.
    Gostaria de referenciar 4 pontos fundamentais:
    1) Não me escondo atrás de nomes fictícios para dizer o que penso, nem o faço sem que para tal tenha provas.

    2) Não conheço as empresas de Dr. Joaquim Couto, peço a este Senhor que as identifique e se existem que me ligue a elas por favor.

    3) Quanto a militantes inscritos de Fora do concelho, deixe-me que lhe diga que está mal informado e mais a base de dados que possui tem defeitos:)

    4) Quanto aos 82 de que fala, pois caro amigo, acha que não se arranjava quem as assina-se com mais de 6 meses de militância, quem não cumpriu para com esses militantes foi a concelhia de Santo Tirso e o que interessa é que os militantes sabem o que se passou inclusive a do proponente ter menos de 6 meses.

    Para rematar esta resposta apenas gostava de elucidar quem lê, que não faço parte dos Socialistas que tudo tentam para denegrir este Partido.
    Apenas gostava que este Senhor que não conheço, mas gostava de conhecer, entra-se em contacto comigo porque nada tenho a temer ou esconder ao contrário desse Senhor.

  9. Zeca diz:

    Carlos Pereira diz: “…Mas sabem quem é este Paulo Loureiro? É simplesmente o indivíduo que na freguesia de S. Mamede cobrava dinheiro às pessoas para resolver problemas na Camara Municipal e do qual se desconhece atividade profissional…”

    Paulo Loureiro diz: “…aqui dizendo a quem levei dinheiro para tratar de algum processo na Camara Municipal De Santo Tirso..”

    Afinal a diferença é que o Sr. Paulo afinal tratava de processos e não de “problemas”, pois a tratar de processos na Camara é uma actividade normalissima que centenas de pessoas o fazem e cobram-se por isso… Não vejo o pq de toda esta irritação do Sr. Paulo Loureiro, pois na Camara toda a gente o conheçe de ir lá tratar de problemas com os processos! 🙂

  10. Maria Alice Rocha diz:

    Quando me disseram nem queria acreditar! O que aqui foi afirmado em relação ao Ricardo é grave e configura crime de difamação. Acho que o Ricardo deveria processar criminalmente o administardor do blogue, que neste caso tem tantas responsabilidades como quem produziu as afirmações, que pelo que refere o Ricardo, não deve ser conhecido, o que alias foi confirmado pelo próprio administrador do blogue. Já fiz a impressão dos textos e disponibilizo-me para ser testemunha do Ricardo.

    • Luis Melo diz:

      “processar criminalmente o administardor do blogue, que neste caso tem tantas responsabilidades como quem produziu as afirmações” … Enfim, este comentario nem merece de resposta de tao disparatado que eh… forca nisso!

  11. Maria Alice Rocha diz:

    A validação do comentário é da inteira responsabilidade do moderador/administrador! Não tenho dúvidas que pode e deve ser objeto de processo-crime. Admito que o senhor Luís Melo não perceba nada de direito. Sugiro que consulte um advogado. Espero que o Ricardo tenha coragem para o fazer. A blogosfera não pode servir de plataforma para difamar e atentar contra a honra das pessoas. O senhor Luís Melo publicou um comentário que parece ser anónimo e por isso é responsável pelo seu conteúdo. Também não se livra da responsabilidade moral, porque teve a oportunidade de previamente ler o comentário e mesmo assim entendeu publicá-lo, como o afirma. Ora, o comentário só assume caracter público, porque o senhor Luís Melo enquanto moderador/administrador o validou, o que é lamentável e prova que o senhor se pauta por critérios pouco éticos.

    • Luis Melo diz:

      Cara Maria Alice,

      Os criterios porque me pauto estao bem explicitos em tudo aquilo que escrevo. Vejo que nao sao concerteza os seus. Se sao “pouco eticos” isso cada um dos leitores podera dizer. Eu entendo que sao bem mais eticos do que aquilo a que estamos habituados.

      Sobre o comentario feito pelo “Carlos Pereira” eu recordo-lhe o que escrevi, ja que estou a ver que a Maria Alice nao sabe (ou nao quer) ler: “…resolvi publicar o seu comentário, apesar de achar que ele contém acusações graves. Com ou sem fundamento, o senhor saberá. Alerto-o apenas para o facto de estas afirmações e acusações o vincularem apenas a si, e serem da sua inteira responsabilidade. Por elas terá de responder caso algum dos visados lhe peça explicações. Da minha parte, apenas cumpri o papel de “democrático” moderador, que apesar de tudo discorda do seu tom

      Nada mais tenho a dizer sobre o assunto com o qual obviamente nada tenho a ver. Sobre tudo o mais… sugiro que faca o que julga que tem a fazer.

      • Luis Melo diz:

        Apenas acrescentar que quem nao vive bem em democracia tem sempre a tendencia de tentar “abafar” outrem, ou de ameacar de uma ou outra forma. Comigo nao resulta. Nao devo nada a ninguem.

    • zeca diz:

      E SE O BLOG NÃO TIVESSE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS. EXISTEM MILHÕES DE BLOG´S NO UNIVERSO QUE NÃO TÊM MODERAÇÃO de comentários… O QUE IRIA FAZER A Dona Rocha???? Julgo que a moderação tem haver essencialmente com a linguagem utilizada (normalmente)

  12. Maria Alice Rocha diz:

    ” Acórdão do Tribunal da Relação de Évora

    153/06.4JAFAR.E1
    Relator: SÉRGIO CORVACHO
    Descritores: DIFAMAÇÃO AGRAVADA
    OFENSA A PESSOA COLECTIVA
    WEB BLOG
    ADMINISTRADOR
    AUTOR
    FOTOMONTAGEM
    CONSCIÊNCIA DA ILICITUDE

    Data do Acordão: 14-02-2012
    Votação: UNANIMIDADE
    Texto Integral: S

    Meio Processual: RECURSO PENAL
    Decisão: PROVIDO PARCIALMENTE

    Sumário: 1. Quando falamos de fotomontagem, referimo-nos, como não podia deixar de ser, àquela que, pelas características, é identificável como tal por qualquer observador dotado de aptidões e conhecimentos médios e não à que é susceptível de ser tomada pelo mesmo observador por uma fotografia inalterada, pois, neste último caso, será merecedora de tratamento idêntico, para efeitos criminais, àquele que é conferido às fotografias autenticas.
    2. Ao invés das fotografias inalteradas, a fotomontagem não reproduz a realidade objectiva enquanto tal, mas antes consiste numa composição que conjuga elementos retirados de diversas imagens autênticas, com a finalidade de fazer passar uma determinada mensagem, a qual pode relevar do humorismo puro e simples ou visar, como sucederá o mais das vezes, propósitos de crítica política, social ou cultural. Daí que entendamos que a fotomontagem constitui uma forma de expressão artística que não pode ser equiparada, enquanto possível meio de cometimento de crimes contra a honra, à fotografia propriamente dita ou a outros meios técnicos de reprodução visual da realidade.
    3. Qualquer pessoa, por ignorante que seja, tem a noção de que é proibido e punido por lei atentar contra a honra e a consideração alheias, assim como contra a credibilidade, o prestígio e a confiança devida a uma corporação investida de autoridade pública. A factualidade provada permite definir o arguido como uma pessoa dotada de uma razoável preparação cultural e socialmente bem integrada.
    O arguido tinha conhecimento do conteúdo dos comentários inscritos no seu blogue, cuja publicação permitiu, e da conotação ofensiva do mesmo. Logo, não se concebe, por um momento sequer, que possa ter escapado ao arguido a ilicitude criminal da sua actuação.”

    • Luis Melo diz:

      Cara Maria Alice,

      Com este copy/paste do acordao o que pretende? Provar que ao concretizar a ameaca de me processar podera ter sucesso?

      Apenas lhe posso dizer que qualquer pessoa, por ignorante que seja, tem a noção do que eh bom senso e razoabilidade.

      Se acha que processar-me tem bom senso e razoabilidade, nada lhe posso dizer a nao ser repetir: faca o que julga que tem de fazer.

      De resto nao se incomode mais em vir aqui copiar outros acordaos, porque nao sou pressionavel, como ja deve ter percebido.

  13. Herlander Pereira diz:

    Nossa que biolência aqui vai.

    Um senhor publica um artigo de opinião e acaba processado porque outro senhor disse umas verdades ou inverdades sobre outros senhores que ficaram ofendidos, ultrajados e se sentiram vilipendiados de tantas maneiras que só um processo crime o resolverá e irá repor o bom nome que os seus pais registaram?
    É mais ou menos assim não é?

    Dona Alice quando for com o processo para a frente avise e deixe-me o contacto do seu advogado porque tenho aí uma meia-dúzia de 27656 autos que gostaria de levantar relativamente a amigos no café, a pessoal no futebol que não me passa a bola, a políticos mentirosos, falsos, mesquinhos, intriguistas, sem sentido de serviço público e sem valores e a um senhor que a semana passada olhou para mim de lado na rua.

    Obrigado.

  14. Maria Alice Rocha diz:

    “…mas há mais, um tal de Ricardo Pereira que cobrava uns dinheiros que desapareciam da Sociedade Portuguesa de Autores, e que foi condenado pelo tribunal ficando com o seu ordenado penhorado…”. O senhor Herlander Pereira veio ironizar com um assunto sério! Pode ser que um dia para além de um qualquer seu amigo não lhe passar a bola, alguém escreva sobre si o que aqui foi escrito sobre o Ricardo. Quanto ao senhor Luis Melo, lamento a prepotência. presunção e água benta, cada qual toma a que quer!

    • Luis Melo diz:

      Cara Maria Alice,

      Estou aqui a assistir de cadeirão a uma acesa e desleal discussão entre dois socialistas, não tenho nada que ver com o assunto, vossa excelência vem aqui ameacar que me processa, e eu é que sou presunçoso e prepotente?

      Queria o quê? Vir aqui acenar com o seu canudo de licenciada em direito, e com um acordão de um tribunal, para me meter medo? Talvez isso resulte com outros mas comigo não.

      Apenas lhe disse que vivo bem em democracia. Uso o meu direito (e por vezes dever) de dar a minha opinião, e responsabilizo-me por ela. Arco com as consequências sejam elas quais forem.

      Isto não é presunção ou prepotência… É LIBERDADE! Algo que aqueles que não sabem viver em democracia não respeitam. E tentam através de certos mecanismos, ou através de ameaças, coarctar.

      Apenas lhe disse a si: faça o que julga que deve fazer. Ou seja, estou a dar-lhe a si a liberdade de fazer o que achar por bem.

      Quanto ao Herlander, ele não precisa que o defenda. Apenas dizer que concordo com ele. Se andassemos todos aqui a por processos uns aos outros por “dá cá aquela palha” então o melhor era construirmos mais 500 tribunais e abrirmos mais 100 cursos de direito nas universidades. Iam ser precisos muitos juízes e advogados.

  15. Ricardo Pereira diz:

    Caríssimos, calma!!!!

    Regressei ontem de fim-de-semana à terra e já vi o porquê de estarmos assim tão atrasados!!! Já me fartei de rir:)!!! Sou mesmo importante!!! Já falam de mim na blogosfera! Muita Bom!!! Santo Tirso, uma bela cidade de nome vestida de espírito de aldeia!

    Cara Maria Alice agradeço a sua preocupação e a sua disponibilidade para testemunha, mas de facto não vale o trabalho! Embora fosse o mais correcto de fazer, não iria dar o gosto de me continuar a rir com este blogue;)! Este tipo de insinuações são meras mesquinhices e intrigas a fim de tentar sacar “nabos da púcara” e atingir, para além de mim, outros meios e outras pessoas!!! A verdade vem sempre ao de cima! O tempo tratará de provar isso! Só pessoas frustradas e com dor de cotovelo e com medo de perder algo é que compõem estes comentários! Quem não deve não teme! Como tal, para além de não ter nenhum amigo que precisa de esclarecimentos, não tenho que provar nada! Todos sabem quem eu sou e o tipo de pessoa que sou! Quem não me conhece, paciência! Falem mal ou bem, mas falem!!!

    • Luis Melo diz:

      Caro Ricardo Pereira,

      Com a frase “Embora fosse o mais correcto de fazer” quer dizer o que? Que seria realmente correcto processar-me a mim, administrador do blogue, por afirmacoes feitas por outra pessoa?

      • Ricardo Pereira diz:

        Caro Luis Melo,

        Como já disse, não vou processar a si nem a ninguém….Mas no futuro acharia por bem um pouco mais de PRECAUÇÃO! Deixar publicar sim, mas identificar bem o sujeito antes de publicar o pos´t! Porque caso não seja descoberto o autor dos comentários o responsável é mesmo o administrador do Blogue!

        Atentamente,
        Ricardo

      • Luis Melo diz:

        Caro Ricardo Pereira.

        O senhor ja deu a sua sentenca… “o responsável é mesmo o administrador do Blogue!“… presumo que seja juiz.

        De resto, digo-lhe o mesmo que disse a Maria Alice… faça o que julga que deve fazer.

        Agradeco o seu conselho de… “no futuro acharia por bem um pouco mais de PRECAUÇÃO!“… mas se nao se importa, eu é que decido a precaucão a ter no MEU blogue.

        Bem haja, volte a visitar o Era Mais um Fino, e continue a divertir-se tal como eu…

  16. Zeca diz:

    Oh Ricardo mete a viola no saco…e está caladinho, pq como dizes as verdades acabam por vir à “tona”… quem te conheçe que te compre. Há muita verdade que é verdadeira, mesmo que tão pequena e minuscula que seja. O Dr. Couto quando for presidente, espero que não te dê um cargo que “mexa” com €€€, pois assim estará a ser teu amigo…

    • Ricardo Pereira diz:

      Caro Zeca,

      Apesar da sua preocupação, a qual agradeço, fico contente que já tenha assumido como certo que “O Dr. Couto quando for presidente”! Felizmente, o que me move não é os €€€ mas sim os interesses dos Tirsenses!!! Estas sim, são as minhas preocupações!!! Existem desigualdades e matérias a tratar com urgência que são visíveis a olho nu, não sendo necessária uma grande pesquisa nem maiores comprovações teóricas, embora elas existam, é claro. Nestes casos, a realidade fala por si só. Uma realidade óbvia!!!

      • zeca diz:

        ahahahahahahahahahahahahaha… uhuhuhuhuhuhuh ihihihihihihihi…aiii que vontade de rir… qual carlos cruz qual duarte lima qual isaltino…o ricardo é o verdadeiro…. lol “..interesses dos Tirsenses..” meu deus…. ao que isto chegou!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: