Sto. Tirso: Quando o feitiço se vira conta o feiticeiro

Sou daquelas pessoas que acho que a Vitória é de todos, tal como a Derrota é de todos. Seja ao nível pessoal (onde se partilha com a família), profissional (onde se partilha com os colegas), desportivo (onde se partilha com os membros da equipa), ou político (onde se partilha com os membros da lista).

Este post pretende falar sobre os resultados em política. Ninguém em política ganha sozinho, como também ninguém perde sozinho. Até porque em política o que conta não são só as pessoas que lideram os processos, mas a sua equipa, os seus projectos, as suas estratégias, e a forma como o defendem e comunicam.

Da mesma forma ninguém passa de bestial a besta por ser derrotado, ou de besta a bestial por sair vitorioso. Grandes políticos foram derrotados antes de vencerem e provarem as suas capacidades. Em Portugal temos muitos. Desde Francisco Sá Carneiro até alguns que ainda hoje estão no activo.

Em Portugal esta lógica não é assim tão linear. Se ela se aplicar á minha Derrota, perdemos todos. Mas na Derrota do meu adversário, foi insucesso pessoal. Se eu perder umas eleições, posicionei-me para as próximas. Se o meu adversário perder, deve abandonar e dar o lugar a outro.

Vem isto a propósito de a liderança actual do PSD Santo Tirso estar permanentemente a apontar o resultado do PSD, em São Miguel do Couto, nas Autárquicas 2009, para atacar a pessoa que liderou o processo. Pessoa essa que teve a coragem de se candidatar, pelo PSD, sabendo quão difícil seria vencer.

Se esses senhores querem atestar a capacidade política de uma pessoa apenas pelo facto de a sua equipa ter perdido umas eleições, então apliquemos-lhes a mesma lógica, e tiremos as mesmas conclusões. A liderança actual do PSD Santo Tirso perdeu:

Autárquicas 2009
PS 48%, PSD 42% (baixou em relação a 2005)

Europeias 2009
PS 37%, PSD 30% (baixou em relação a 2004)

Legislativas 2009
PS 48%, PSD 28% (baixou em relação a 2005)

Legislativas 2011
PS 39%, PSD 37%

E também poderia referir o resultado do PSD na freguesia de quem lidera o PSD Santo Tirso, nas Autárquicas 2009: PS 56%, PSD 35%.

De sublinhar que em 3 das 4 eleições acima referidas, o PSD venceu a nível nacional, mas nunca no concelho de Santo Tirso. Estamos conversados?

Anúncios

2 Responses to Sto. Tirso: Quando o feitiço se vira conta o feiticeiro

  1. Pintarola diz:

    Nas últimas eleições para o governo,o PSD esteve perto do PS em Santo Tirso .O candidato do PSD será com carisma, vocação e missão de desenvolvimento?Em São Miguel tem muita tachada socialista,o candidato tem família que nunca mais acaba,eles lá sabem,tiveram um guarda chuva para dançar com os tachos,esta terra não vai desaparecer do mapa?

  2. José Maria Ferrerira diz:

    Temos que ser sérios! O Luis Melo faz uma abordagem aos resultados do PSD em Santo Tirso em eleições europeias e legislativas. Não vou comentar o mérito ou demérito da participação do PSD de Santo Tirso porque isso deixo ao cuidado do Luis. Em abono da verdade, o Luis Melo tentou passar a ideia, pelo menos nas eleições europeias e legislativas, que os resultados baixaram. Não é verdade! O Luis sabe muito bem! Pode ver-se nos dados que disponibilizo que o PSD subiu de 2004 para 2009 nas europeias e o mesmo aconteceu nas legislativas. Percebo que na ânsia de dizer mal se troquem número de votos por percentagens!

    Europeias
    2004 PS 13359
    PSD 7690

    2009 PS 10047
    PSD 8288

    Legislativas
    2005 PS 23675
    PSD 11102

    2009 PS 21308
    PSD 12457

    2011 PS 16470
    PSD 15785

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: