PSD Santo Tirso já tem candidato (agora sem ironia!)

Desta vez não é ironia, é mesmo a sério. O PSD Santo Tirso já tem candidato a Presidente da Câmara Municipal. E surpresa das surpresas (aqui sim, já é ironia novamente), o candidato é o actual Presidente do PSD Santo Tirso, Alírio Canceles.

A decisão foi tomada unilateralmente, no seio da Comissão Política Concelhia, e parece ser definitiva. Agora apenas faltará a habitual confirmação por parte da Comissão Política Distrital do PSD Porto, que obviamente não se oporá à decisão.

E assim chega “a bom porto” o plano que Alírio Canceles engendrou, e que eu denunciei aqui mesmo neste blogue por diversas vezes, para se escolher a si mesmo como candidato a Presidente da Câmara Municipal nas eleições Autárquicas de 2013.

Alguns perguntarão: “Mas espera lá, e os militantes do PSD foram ouvidos?“. Como aqui denunciei também por várias vezes, o PSD Santo Tirso é o feudo de um déspota, um projecto pessoal de poder. E a opinião dos militantes não entra na equação.

Há poucas semanas fazia-se um plenário que teria como objectivo a escolha do perfil do candidato. Mas só os mais ingénuos ou parvos se deixaram enganar. A decisão já estava tomada há muito tempo. E esse plenário foi apenas areia para os olhos.

Mas isto não se fica por aqui. Os militantes são como “o corno”, serão os últimos a saber. Logo após o final da reunião da Comissão Política que decidiu o candidato, Alírio Canceles foi imediatamente dizer a jornalistas que fora ele o escolhido.

A sede de protagonismo, a vaidade, a futilidade, a imodéstia, a presunção, o impudor. Tudo isto demonstra bem o carácter e a personalidade (ou falta deles) da personagem que iremos ver, em breve, estampada em outdoors espalhados pelo concelho.

Esta é daquelas situações em que eu gostava de não ter razão, a bem de Santo Tirso e do PSD, mas infelizmente o tempo veio dar-ma. Eu bem avisei, denunciei e vaticinei este desfecho. Ele verifica-se agora, depois de tantos o terem querido negar.

Anúncios

35 Responses to PSD Santo Tirso já tem candidato (agora sem ironia!)

  1. Nuno Guimarães diz:

    Estou extremamente surpreendido com a escolha da CPC do PSD de Sto Tirso… Ainda chamam aquilo de comissão?! Acho mais apropriado “comité”… Enfim!
    Boa sorte Santo Tirso!

    • Luis Melo diz:

      Ora nem mais caro Nuno. O PSD Santo Tirso é neste momento pior que o Comité Central do PCP. As decisões sao tomadas pelo núcleo duro sem ouvir os militantes. Isto, num partido SOCIAL DEMOCRATA!

  2. antonio carreira diz:

    Comite e do pcp ! Sao formas de agir! Ja o nuno guimares nao sera do pcp como o seu falecido pai? Bom homem o sr guimaraes, gostava mto dele pelas suas ideias de esquerda verdadeira.

  3. antonio carreira diz:

    Ja agora o sr arlindo vai fazer campanha c o nome de arlirio ou pedro teixeira ou outros nomes como tinha no face?

  4. antonio carreira diz:

    Por ultimo haveria alguem com eles no sitio para enfrentar o ps?

  5. Duuuu diz:

    Então não fazem sondagem?Ainda vão apanhar zero por cento?

    • Luis Melo diz:

      Ao que sei o PSD fez uma sondagem. Os nomes que constavam para a escolha dos entrevistados eram: Joao Abreu (como se alguma vez ele fosse opcao. Julgo que nem o próprio colocou a possibilidade de ser candidato novamente), Andreia Neto e Alírio Canceles.

      • Duuuu diz:

        Qual foi o resultado?votaram muito na menina?Porquê é que não puseram na lista também, ,josé pedro Miranda,Rui Rio,um jovem, Luís Melo,etc. .

      • Luis Melo diz:

        Não tenho conhecimento dos resultados.

        Claro que só puseram o nome dos que não interessavam (João e Andreia) e do que interessava (Alírio).

        Concordo que, se fosse uma sondagem séria deveria ter os nomes de JP Miranda, Carlos Oliveira, Carlos Valente, entre outros exemplos.

        Não creio que faça qualquer tipo de sentido incluirem o meu nome nesse tipo de exercícios.

      • Duuuu diz:

        Porquê não faz sentido ao Luís Melo se convive muito com a política?

      • Luis Melo diz:

        Não tenho qualquer ambição de fazer parte de um executivo camarário, nem acho que tenha neste momento competências para exercer esse tipo de funções. Para além do mais não me vejo a regressar a Portugal tão cedo, muito menos para cargos políticos.

      • Duuuu diz:

        O Luis Melo aconselha a emigrar,para quem não gosta de Portugal,ou não procura emprego em todo lado,ou não cria o seu próprio emprego.

  6. Eduarda diz:

    Eu só não lamento mais porque, primeiro percebi logo isso há anos (ainda o Sr. Alírio andava a segurar o véu ao Dr. João Abreu, enquanto o “trepava” desenfreadamente). Segundo, porque tenho a esperança que depois da derrota vergonhosa que vai levar, tenha a dignidade de abandonar as lides políticas.
    O meu afastamento do PSD deve-se em grande parte ao “comité” que o Nuno referiu. A lição aprendi-a por mim: Se não pensas como eles mais vale não estares com eles ou como diz o ditado “diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és”!

    • Luis Melo diz:

      Cara Eduarda,

      Sempre te considerei como uma das militantes com mais bom senso e sentido da realidade. Foi por isso que te convidei a fazer parte das minhas equipas sempre que me candidatei a alguma estrutura. As mesmas razoes se aplicam ao Nuno, que sempre esteve também ao meu lado.

      Também eu, como sabes, previ este desfecho, e denunciei-o. Também me afastei do PSD, mas por razoes profissionais (estando primeiro em Lisboa e depois em Londres). No entanto nao me demito do meu dever de militante.

      Irei continuar a lutar, nem que seja só através das redes socias (que me mantêm próximo de Santo Tirso), para que Santo Tirso e o PSD local nao continuem a definhar.

      De resto, nao creio que esta gente tenha a dignidade e a vergonha na cara para se afastar depois de mais uma derrota (sim, porque ja foram muitas entre 2006 e 2013). Vais ver que ainda terao a cara de pau de querer continuar.

  7. Alberta da Silva Matos Rodrigues diz:

    Ainda não vi nada nos jornais??

  8. Como sei bem com quem estamos a lidar, não fico nada surpreendido com mais este desenlace. Já há muito que se percebia que era isto que estava a ser cozinhado, que era isto que ia acontecer.

    De nada serviram os muitos avisos e os mais que muitos sinais à navegação. Ninguém quis dar a ínfima importância. Nem aos que foram feitos no interior e nos locais adequados, nem aos que foram sendo lançados para conhecimento geral. Tenham sido eles na praça pública, na imprensa ou nas redes sociais.

    Infelizmente, estamos perante um epílogo que envergonha o PSD de Santo Tirso. Direi mesmo, que deixa a todos os que na nossa terra acreditam neste partido, sejam eles militantes, simpatizantes ou simples apoiantes, verdadeiramente órfãos da política em que acreditam.

    Dia negro, indigno, construído nas nossas costas de forma autocrática, posto a correr de forma ignóbil, bem reveladora da falta de carácter, de sentido da responsabilidade e do respeito devido aos seus pares.

    Ofuscado pela sede do poder pelo poder, usou e abusou de todos os meios ao seu alcance, fossem eles formais ou legais. Manipulou sem um resquício de moral. Espezinhou tudo e todos à passagem. Para, rodeado por um grupo de apaniguados, conseguir alcançar aquilo que pensa o colocará na história Tirsense.

    Só posso terminar com um: “…Bem aventurados os pobres de espírito…”

  9. Eduarda diz:

    Caro Luis, quem me dera ter essa tamanha motivação!! 🙂 Acredita que acho louvável o teu empenho e a tua luta constante pelos ideias em que acreditas. Eu preferi voltar costas por sentir os meus esforços inuteis e as minhas palavras mudas.
    A política “mexe” demasiado com as minhas emoções e quando sinto os meus princípios a serem devassados por pessoas que fazem valer o seu lugar com fingimentos e manipulações, com “lambe-botices” e fretes, sei que corro o risco de “perder a compostura”.
    Infelizmente, por desconhecimento, no momento em que me convidaste decidi o lado errado (ou o que não me servia). Mas nunca à procura de um lugar. Aliás, um lugar que simplesmente acabei por abandonar por me sentir inútil, inconveniente e, depois indesejada, e encarada quase como se de uma ameaça me tratasse. Eu nunca procurei nada. Tudo começou porque do meu anonimato, e na minha curiosidade e vontade de “crescer” e conhecer, concorri e fui seleccionada para a “Universidade de Verão”. Os anos que lá vão…
    A política é um “bichinho” difícil e viciante. Mas nas circunstâncias actuais da concelhia, para mim, é impossível!
    Agora, sinceramente, se (e tenho quase a certesza absoluta que é o que vai acontecer) houver uma derrota histórica do PSD, os “segregados”, “revoltados”, “indignados”, “desanimados”, e por aí fora, devem-se unir com razão, determinação, e coragem, e afastar aqueles que não tiverem o bom senso e a hombridade de abandonar um lugar, para o qual não demonstraram competência para ocupar.
    E aí, podes estar certo que não hesitarei em dar o meu contributo.
    Obrigada pela tua inspiração.
    Cps.

  10. ? diz:

    Os militantes deviam ter votado.

    • Luis Melo diz:

      Os militantes deviam ter, no mínimo, sido ouvidos. Mas tudo foi feito nas suas costas, porque a CPC sabia que nao era este o candidato que os militantes queriam.

      • ? diz:

        Qual era o candidato ,que os militantes queriam?

      • Luis Melo diz:

        Só posso falar por mim. Nao me arrogo do poder de falar pelos outros. Mas o sentimento entre os eleitores do PSD era claramente de apoio a Zé Pedro Miranda. Poderia haver outras opções. Mas creio que poucos ficam contentes com a escolha unilateral (e nas suas costas) da CPC

  11. ? diz:

    Acho bem ,o Zé pedro Miranda,ou uma menina,etc.

  12. Militante diz:

    Acho sinceramente que o PSD foi longe demais. Nesta fase no entanto mais vale deixar o Alirio ir até ao fim , pode ser que a vergonha lhe de uma ajuda. No final e apos as eleiçoes cá estaremos para caso não tenham pelo menos o minimo dos minimos de dignidade, para “correr” com o Alirio e a sua troika , quem vem destruindo o PSD. A saber Manuel Mirra, Carlos Pacheco e Andreia Neto. E só esperar pelo dia das eleições.

    • Meu Caro Senhor ‘Militante’,

      Se me permite, na minha modesta opinião, considero que o seu comentário só terá algum valor se o Senhor não se esconder atrás do anonimato.

      Não tenha medo que nem lhe bate.. Só assim pode dar-se às liberdades que escreveu..

    • MF diz:

      esta moeda tem duas faces….

      ou então este grupo tem um a vitoria significativa… e vocês engolem o “ressabiamento” … !!!!!

      • Luis Melo diz:

        Aqui nao há ressabiamento nenhum. Apenas uma diferenca de opiniao, de maneira de pensar, de visao, de forma de estar na política. E principalmente uma grande diferenca de carácter, de personalidade, de ética e de moral. Há um sentimento de justica e de verdade.

        Já basta de gente que trata a política como futebol e os partidos como clubes. Já basta de gente que está na política nao para servir o povo mas para se servir a si mesmo. Já basta de gente que ve a política como veículo pessoal para o “poder” e os “negócios”.

        Nao espero que “vossas excelencias” consigam entender isto, porque a vossa mente é distorcida e nao consegue entender que haja gente séria, honesta e íntegra. Pensam que todos serao iguais a “vossas excelencias” e que todos tem interesses obscuros.

        Para “vossas excelencias” a política é um jogo de cadeiras, um xadrez, que deve ser jogado da forma que se ve na TV e nos jornais. Um jogo rasteiro em que vale tudo porque “todos sao iguais”. E se nao estou lá eu estarás lá tu, com os mesmos objectivos.

        E no entretanto, o povo que se lixe. E está a lixar-se mesmo, depois de ter sido lixado nos últimos 35 anos. O país está decadente e na bancarrota, sem qualquer tipo de hipótese de recuperacao, enquanto gente como “vossas excelencias” andar por aí…

      • Meu Caro MF,

        O seu comentário confundiu-me e merece algumas observações:

        1- O seu comentário refere-se ao artigo do Luís Melo ou aos comentários dos outros intervenientes? Vou considerar que diz respeito ao artigo do Luís;
        2- O seu comentário, além de telegráfico, é pouco inteligível e deixa dúvidas quanto ao que quer dizer. Vou considerar que ataca o Luís Melo e os que com ele parecem concordar, apelidando-os de “ressabiados”;

        Feito o enquadramento, então vejamos:

        Que uma moeda tem cara e coroa todos o sabemos. Mas a vida não é feita apenas de dicotomias do sim e não, do bom e mau, do amigo e inimigo, do bonito e feio, do vencedor e perdedor, do FCP e SLB. Essa é uma visão muito pequenina da realidade.

        Na verdade é muito mais do que isso. O que é importante é o que se passa entre esses limites extremos. É o que resulta dos diálogos e das confrontações, das negociações e dos consensos, do bom senso e do equilíbrio, etc..

        Por isso, para mim essa dos “ressabiados” não é para aqui chamada.

        Ao fazê-lo mostra pouca capacidade intelectual para falar sobre assuntos complexos.

        Talvez fosse melhor dedicar-se a comentar em ‘blogs’ de outra índole. Mais básicos.

  13. zigzag diz:

    O que é que o Zé pedro Miranda ,pensa disto?

  14. Militante diz:

    Esta política de nojo do PSD teve inicialmente o mérito de afastar os críticos , os militantes que não pensavam de acordo com Alirio Canceles. A baixeza da sua política fez com que os militantes preferissem afastar se do que serem confundidos com os bandalhos que lideram o PSD. Deixaram o PSD a navegar a vontade sob a orientação de Alirio. Usou e abusou do PSD. No entanto a repetição das atitudes cobardes de Alirio, os métodos por si utilizados, a ganância dos vice presidentes que nem conseguem disfarçar, estão agora a dar os seus frutos. Estão a unir militantes de vários quadrantes que estiveram afastados e que querem por ponto final nisto. Falta um click, um primeiro passo e vão surpreender se com a adesão que vão ter . Basta olhar para S Martinho…vila das Aves, Lamelas, Sao Miguel , Santo TIrso…etc etc e perceber que a única coisa que falta é aglutinar esta gente toda e devolver o partido ao PSD e aos militantes. Não me identifico caro dr Almeida Santos porque ainda não e o momento. Esta ser pensada uma estrategia com muita calma, como a situação o exige, mas pode ter a certeza que contaremos consigo. Abraço

    • Em primeiro lugar não me trate por Dr., que não sou, nem por Eng., que por acaso até sou. O meu nome é Carlos. Essa coisa dos títulos é para os que não são capazes de se assumir e ser reconhecidos pelas suas convicções e comportamentos.

      Quanto ao resto, não caiam no mesmo erro de AC e tentarem fazer tudo nas costas dos Tirsenses. Eles têm que ser envolvidos e ouvidos. Têm que ter uma palavra a dizer.

  15. Soares diz:

    Estranho o Santo Tirso Hoje ainda não ter feito referência a esta notícia, já saiu na Imprensa e foi divulgada nos mais variados meios…porque será?

    Será por receio de dar nas vistas, ou então estamos todos enganados e realmente é um orgão pleno de isenção.
    Provavelmente ainda não tiveram acesso á informação…lolll

  16. Soares diz:

    Confesso que não foi intencional, foi mesmo por distração a troca dos nomes…mas penso que inconscientemente o “teclar” me fugiu para a verdade:)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: