#Autárquicas2013 Alírio “compra” apoios

Mais uma polémica à volta dos métodos usados por Alírio Canceles – candidato da coligação PSD/PPM – para se (auto) promover nesta pré-campanha, que vem demonstrando o desespero do auto-nomeado candidato à CM Santo Tirso.

Depois dos comentários anónimos ou com identidades falsas em blogues (como por exemplo neste); Depois de perfis falsos e páginas anónimas no Facebook; Depois de jornais online e outros websites anónimos, supostamente independentes… Aparecem agora os “Likes” na página oficial da candidatura no Facebook.

Alguém atento e mais interessado resolveu verificar quem eram as centenas de pessoas que faziam “Like” nos posts que a candidatura de Alírio publicava na rede social. Acontece que a maioria desses “Likes” eram de gente com nomes esquisitos (estrangeiros).

A polémica instalou-se e já muitos abordaram o tema em pleno Facebook, questionando a candidatura. É simples! O Facebook deixa qualquer pessoa “Promover” os seus posts, cobrando e ganhando dinheiro com isso. Não é ilegal, é simples. A pessoa paga e os seus posts são enviados para a rede.

A vantagem é apenas uma. Quando publicamos um post, ele vai-se perdendo na timeline ao longo do tempo. Mas se muita gente for comentando e colocando “Like”, esse post vai-se mantendo à tona, aparecendo mais vezes na timeline dos nossos contactos e dos seus amigos.

Claro que muita (ou mesmo toda) gente que colocou “Like” nos posts da candidatura nem sequer percebe português, muito menos conhece Portugal, Santo Tirso, o PSD ou Alírio. Muitos estarão na Coreia, Malásia ou Vietname.

Nada disto é ilegal. Mas é ético? É correcto? Principalmente ao sabermos que se trata de uma campanha eleitoral? Será isto comparável a comprar votos? Tentanto influenciar outras pessoas pela quantidade de “Likes” (apoios) que se tem?

Uma coisa é certa. Os métodos de Alírio e da sua entourage neste processo eleitoral – desde o esquema montado para a sua auto-nomeação, até à actual pré-campanha – demonstram bem o carácter (ou a falta dele), a (des)honestidade e forma de trabalhar desta gente.

É isto que os Tirsenses querem à frente da CM Santo Tirso? Não foi este tipo de maneira de estar/agir que colocou o país no estado em que está?

64 respostas a #Autárquicas2013 Alírio “compra” apoios

  1. Caso diz:

    Não se compreende essa maneira de pensar não seria lógico que se pensa-se em angariar votos reais em Santo Tirso ao invés de aumentar “gostos” virtuais de páginas do Facebook com pessoas que nem imaginam aonde fica Santo Tirso.Realmente com essa postura dificilmente os tirsenses serão enganados pela falsidade desse candidato estando este a beira de uma derrota histórica.

  2. Um chines qualquer (amigo do Futre) diz:

    De facto ao contrário do todos dizem acho que o Alirio tem toda a razão!!!!
    Só estes “clientes” do “gosto” é que o compreendem o que o Sr Alirio quer dizer,ou seja, será caso para dizer que está no sitio errado, na hora errada. Não será caso para para seguir o conselho do seu lider…..e emigrar? Se está longe e tanta gente já “gosta” quando lá estivesse provavelmente iria conseguir o objectivo de ser presidente de qualquer coisa.

    Despeço-me com um,

    Hug, этот народ, который любит (em russo)

    拥抱,这人爱 (em chines)

  3. stsleaks diz:

    Mais uma vez: apanhado na rede! Já começa a ser escandaloso! Para quando José Pedro Miranda a tomar conta do PSD de Santo Tirso e a correr com esta tropa?

    Tinha já partilhado mais uma falsidade na rede que agora se torna ainda mais atual, aqui fica a história:

    No grupo Santo Tirso: http://www.facebook.com/groups/santotirsopt/ as publicações de “Aníbal Paiva” ( http://www.facebook.com/anibal.paiva.94 ) são de um perfil falso com fotografias de um cidadão de nacionalidade brasileira. O perfil de “Aníbal Paiva” assim como a comunidade “Santo Tirso Sem Vida” ( http://www.facebook.com/santotirsosemvidanet ) e o website http://www.santotirsosemvida.net pertencem a “João Fernandes” ( http://www.facebook.com/jpedrofernandes ) e visam o ataque pessoal e político sem rosto.

    As provas são concretas e não deixam margem para dúvidas:

    1. Os textos/imagens utilizados por Aníbal Paiva são os mesmos/similares aos da comunidade “Santo Tirso Sem Vida”.

    2. João Fernandes tem uma fotografia no Facebook com uma t-shirt do website “baixistas.com” (ver aqui: http://postimg.org/image/9vyvs8hk3/ ), cuja informação de registo do mesmo confirma que ele é o seu proprietário (ver aqui: http://postimg.org/image/i48o69r41/ ).

    3. O website http://www.santotirsosemvida.net está registado com outro nome e num servidor diferente do “baixistas.com”, pelo que não foi possível confirmar a relação através deste meio, sendo que se comprovou através da técnica apresentada no ponto seguinte.

    4. Verificou-se o código fonte dos dois websites, constatando-se que ambos possuem publicidade da Google (através do Google Adsense). Esta publicidade possui um código com uma referência única, que diz respeito à conta de Adsense para a qual são contabilizados os cliques e pagos os dividendos. Feita a análise a este código, que identifica o proprietário, constata-se que a referência é a mesma nos dois websites (ver aqui: http://postimg.org/image/uqnoguiyp/ ). Portanto, o http://www.santotirsosemvida.net é de João Fernandes bem como o perfil de “Aníbal Paiva” (que para além dos textos iguais aos do Santo Tirso Sem Vida, ainda fazia publicidade a outros websites que estão no mesmo servidor do “baixistas.com”, isto para não falar dos comentários publicados na página oficial do Facebook da campanha de Alírio Canceles, com a conivência do mesmo, não os eliminando).

  4. Manuela Antunes diz:

    Curioso que o mesmo se passa na página de Joaquim Couto! Alguém pode impedir que quem que seja faça “like” na pagina do Alírio ou de Joaquim Couto?? O Alírio e o Joaquim Couto foram ao Vietname, comprar “likes”. Se os “likes” forem do Porto ou de Lisboa, de pessoas que não conhecem nem um nem outro, são válidos! Pf

  5. José Branco diz:

    Oh Manuela! vá ver os gostos, dê-se a esse trabalho. Que ridículo!
    Se eu tinha dúvidas fiquei sem elas…. Alirio canceles não voto. Será que alguém além desta senhora encomendada, que todos sabem quem é( o próprio Alirio, como é costume) pode vir defender uma atitude destas??? eu pergunto, será que 90% das pessoas que gostam das medidas do Alirio sao coreanas e indianas,,, nem português percebem… enfim é ridículo. Sr Alirio faça um favor aos Tirsenses e apague essa pouca vergonha! o Sr acha que os Tirsenses são parvos, acha que somos burros? a atenção do PSD, eu nunca vi disto, será que este Alírio quer ser alvo de chacota?

  6. stsleaks diz:

    Indonésia, Índia e China apoiam Alírio Canceles (uns print screens para mais tarde recordar): https://santotirsoleaks.wordpress.com/2013/08/27/indonesia-india-china-apoiam-alirio-canceles/

  7. Caso diz:

    Um dos apoiantes de Alirio🙂 AdynkBoedack SarepnaGeledegan CahTyagers’thea

  8. zedoscaes diz:

    O João mais conhecido na rede por Son Goku, não passa de um “catraio filho do papá” que nada faz na vida, a não ser brincar na net, dizem-do mal de tudo e de todos que não sejam do PSD ou do Porto….não passa disto…
    http://www.jpedrofernandes.com/
    http://www.video-divertido.com/member.php?action=showprofile&user_id=402

    • Luis Melo diz:

      Mas quer dizer que é o João que “trata” da comunicação da candidatura de Alírio online, é isso?

      • zedoscaes diz:

        Não, julgo que não… acho que se trata de mais “um independente” pois julgo que o rapaz praticamente não conheçe ninguem aqui em Santo Tirso a não ser os antigos amigos dele da escola e pouco mais! Tenho serias duvidas até que conheça alguém pessoalmente de “importante” no PSD.
        Parece mais até que cria estas páginas para ganhar uns trocos com a publicidade do Adsense da google…
        Basta ver a pagina falsa da Sónia Araujo que é dele e diz lá “oficial” o que é mentira.
        Obviamente quem trata da pagina do Alirio é ele próprio (Alirio), pois é notório o amadorismo das mesmas…. com fotos desfocadas, algumas de lado, os videos que faz são ridiculos, coloca videos com o nome “raw” do ficheiro do youtube e partilha-os no facebook… ou seja uma miséria

      • stsleaks diz:

        Exatamente o que o “zedoscaes” disse. Aparentemente joga por conta própria na rede (mais difícil de apanhar do que o Alírio, mas, como demonstrado, também o foi). A página do Alírio não é com o Miguel Martins? Ainda agora colocaram lá um vídeo cuja edição parece de um casamento dos anos 90.

      • Luis Melo diz:

        Ao que sei parece que o Miguel Martins já se zangou com o Alirio e já concorda comigo… Enfim, sem comentários.

      • Zé Falido diz:

        Sim, ele é o “Aníbal Paiva”, um dos fake profiles mais activos nos grupos de Santo Tirso. Os vídeos do Alírio não vão ter legendas para os “extranjas”?🙂

  9. Indeciso que já não é! diz:

    Não deixar aqui se é vergonhoso ou não essa atitude de Likes!!!Pelos vistos quase todos pensam como eu! A questão aqui é que de facto, tirando essas atitudes, o facebook do alírio ainda é pior do que isso. Eu ainda não vi nenhuma, a sério, nenhuma proposta para o Concelho! Vi e vejo todos os dias ataques pessoais contra Joaquim Couto. Depois vi a criticar a Campanha americana de Joaquim Couto e foram utilizar a mesma ideia com os autocolantes. Se querem ganhar, lutem por isso! Só vejo crítica e intriga e é por isso, que desta vez, não voto PSD!!!

  10. Carlos Valente diz:

    Ethychall Leonk,(????) e muitos outros cidadãos do “outro mundo” podem comentar na página oficial da campanha de Alirio… Eu, militante do PSD e autarca do PSD desde 2002, estou impedido de fazer comentários nas páginas do facebook de Alírio auto nomeado candidato do PSD à Câmara de Santo Tirso…
    Venham lá muitos “GOSTOS” da Indonésia ou do Paquistão… Esses irão votar Alírio, seguramente…

  11. J. Esteves diz:

    SANTO TIRSO não merece gente tão rasca… o PSD de Santo Tirso é uma fotocópia do PSD nacional. Assim como o PSD nacional é dirigido por boys que nada fizeram na vida pelo outro, o PSD Santo Tirso é dirigido pelo mesmo tipo de gente. Era bom que arrumassem a casa, para bem da nossa democracia. O sr. Arilio Canceles revelou o seu verdadeiro carácter pelo poder que obteve. Não lhe chegando os métodos dentro do PSD Santo Tirso, que inclusive garantiam momentos nas reuniões concelhias paralelos ao que muitas das vezes se passa em parlamentos como os da Coreia do Sul (daí tantos likes asiáticos no seu face?), pelos vistos tem usado também os seus contatos no centro de emprego, para o mesmo fazer rusgas aos desempregados que apoiam o Dr. Couto. Como se não bastasse o ataque ao adversário, agora parece se ter virado para os que fazem likes na respectiva campanha adversária. Mas tal senhor pode estar descansado pois tais pessoas são honestas, como têm provado com todos os carimbos que têm de busca de emprego, emails a candidaturas de emprego, resumindo busca ativa de emprego. A isto chama-se estigmatizar os desempregados! Querer fazê-los passar por malandros! MALANDRO é quem destruiu um país com 600 mil desempregados em dois anos! Malandro é um candidato sem propostas, ferido de orgulho e perdido em sentido politico e ético. Haja vergonha, nem por Eurico de Melo (um barão do PSD) e profundamente estadista e democrático ser de Santo Tirso conseguiu criar um PSD concelhio que segui-se-lhe as pisadas! TENHAM VERGONHA!… Pelos menos o Dr. Couto é uma garantia de democracia! Basta olhar para as suas listas que mostram uma construção de consensos onde havia divergências! O meu voto vai para ele por isso mesmo. Quanto ao sr. Arilio, que vá novamente se encostar para umas das cadeiras do centro de emprego, que na sua cabeça e na do seu actual líder, parecer significar o centro de perseguição…

  12. Anonimo diz:

    Osman Yaşamak Seninle Güzel, fez um gosto na página do Dr. Joaquim Couto, deve ter interesse no Mercado Municipal……… fiquem a pensar!!!!!!! Nâo sejam picuinhas…….. Sejemos dignos vencedores………………

  13. zedoscaes diz:

    A página do Zé Pedro dá 20 a zero à do Alirio, está muito mais consistente, aposto que a gestão é feita por pessoas diferentes…
    Mas sem duvida que as melhores paginas de campanha verdadeiramente cuidadas e coesas são a do Couto e a do Jorge pois tem um layout unico e cuidado

  14. Caso diz:

    Pela 1 Vez acho que a CDU poderá ser uma surpresa em Santo Tirso, para não falar na medíocre qualidade do candidato do PSD, Joaquim Couto desta vez é visto como um “oportunista” mesmo por muitos votantes do PS a CDU poderá ainda gozar da decadente performance do governo e ser um voto a castigar o centro…

  15. funcionariocmst diz:

    Esta farsa do Alirio já nem surpreende. Vale tudo! Na CMST chega-se ao cúmulo de telefonar para todos os funcionários 1 por 1 a perguntar se vão ao jantar de homenagem ao Eng. Castro Fernandes! isso sim, é surpreendente, intimar e intimidar pessoas para irem a um jantar de homenagem a um presidente que ainda não saiu do cargo. Porque é que estão a fazer o jantar antes das eleições? Têm medo que se for depois não tenham gente suficiente? Pois o melhor é mesmo obrigar as pessoas a irem enquanto ainda têm algum medo…

  16. uCRANIANA diz:

    Então a campanha não é presencial,está tudo na internet?Estão todos embrutecidos,o Alirio e os seus amigos socialistas.O Alirio vai ter votos dos seus amigos socialistas.O Alírio vai mudar Santo Tirso?

  17. stsleaks diz:

    Castro Fernandes atingiria o clímax com a vitória de Alírio Canceles. Seria ele e as suas tropas numa total clímax party (as tropas nem saberiam a razão da festa…mas já estão programadas para seguirem cegamente o patrão).

    As suas tropas são cada vez de menor dimensão. No entanto, ainda falta muito para serem extreminadas, pois ficarão vestígios em algumas Juntas e em metade da bancada do PS na Assembleia Municipal.

    Em prol da coerência, gostaria de ver uma candidatura independente de Castro Fernandes + Alírio Canceles!

    Infelizmente teremos que esperar mais um pouco para ver Alírio Canceles fora do PSD de Santo Tirso. Teremos que esperar quatro anos para o PSD de Santo Tirso se apresentar ao eleitorado com uma pessoa de outro calibre e que possa, efetivamente, ganhar e conduzir os destinos do concelho com outra qualidade. Gostaria que fosse o José Pedro Miranda mas existem outras possibilidades.

  18. Msoares diz:

    A CNE, face a queixa de vários cidadãos, apreciou na reunião de 27 de agosto a utilização da ferramenta “histórias patrocinadas” do facebook para promover, contra pagamento, a divulgação de páginas de candidatos ou de candidaturas, e concluiu que viola a proibição de utilização de meios de publicidade comercial para fazer propaganda eleitoral, salvo se se destinar exclusivamente ao anúncio de uma iniciativa de campanha concreta, contendo apenas a identificação da candidatura, da iniciativa, da data, da hora e do local da sua realização e dos participantes, se for o caso.

  19. Zé Pedro Miranda diz:

    Zé Pedro Miranda escolhe uma candidata na sua lista que no último mandato votou quase a favor todas as deliberações do partido socialista…

  20. Zé Falido diz:

    O Luís Melo ou outra pessoa sabe-me dizer se já é possível os candidatos terem cartazes a dizer “vote” e o quadradinho com a cruz? Tinha ideia que só se podia num periodo fixado – tipo 15 dias antes do ato eleitoral. Não sei as regras, mas gostaria de saber. Alírio já tem essa situação há alguns dias. É possível ou é contra as regras? Não vi ainda em mais nenhum município vizinho nem em mais nenhum candidato, por isso a questão. Obrigado.

    • Caso diz:

      Segundo o que sei acho que só pode quando começar a campanha ou seja 15 dias antes das eleições.

    • Zé Falido diz:

      Já vi no site da CNE, pois tinha essa ideia, mas afinal deve ser possível. Encontra-se lá assim:

      “2. Antes do período da campanha eleitoral posso fazer apelo ao voto?
      Sim. O apelo ao voto é possível a todo o tempo, fora ou dentro dos períodos de campanha.”

  21. stsleaks diz:

    Atenção! Afinal aquela história do Aníbal Paiva e da Comunidade Santo Tirso Sem Vida é muito mais relevante do que se pensava! O autor (João Fernandes) é, afinal, candidato à Assembleia Municipal pelo PSD/PPM!

    Mas o que é que se passa no PSD de Santo Tirso!? Todas as provas e detalhes em: https://santotirsoleaks.wordpress.com/2013/09/07/vergonha-candidato-pelo-psdppm-e-autor-de-perfis-falsos-e-comunidades-anti-santo-tirso/

    • Zé Falido diz:

      Parece que não viram. Continuam todos contentes a publicar com esse utilizador! Que cromos! Realmente, que PSD é este.

  22. Msoares diz:

    Alírio com apoio mediático…já viram a declaração de Marcelo Rebelo de Sousa ?

  23. Cara de Pau diz:

    O programa da RTP do Verão Total sobre Santo Tirso era Campanha do Partido Socialista ,apareceu no ecrã a cara do Candidato Jorge Gomes,e não apareceu o Presidente da Junta de Santo Tirso?

  24. Chega de tachos diz:

    O Castro fernandes e a Cãmara vão realizar uma viagem a Chaves perto das eleições, onde vão 5ooo mil idosos,Isto não é comprar votos, do partido socialista,é estranho.Atenção o PSD e Alírio não são contra as pessoas passearem.Atenção os seus amigos Socialistas vão votar no Alírio.

    • Chega de testos diz:

      Com o dinheiro dos contribuintes?

      • chega de testos e tachos diz:

        OS idosos De S.Miguel do Couto gostaram das garrafinhas da Campanha do josé Pedro Miranda, em que os candidatos estavam á porta do autocarro entregando-lhes, e não gostaram da atitude do presidente da junta de S.Miguel do Couto que disse que não era hora de fazer campanha,e um disse quais são esses papelinhos que têm ai também da vossa campanha.

    • Zé Falido diz:

      Alírio já não é contra nada do que Castro Fernandes faça! Porque será?🙂

  25. stsleaks diz:

    Sobre a autoria dos 40 mil folhetos anónimos contra Joaquim Couto que se espalham pelo Concelho: https://santotirsoleaks.wordpress.com/2013/09/21/e-a-autoria-das-40-mil-cartas-contra-joaquim-couto-vai-para/

  26. Chega de tachos diz:

    O Joaquim Couto anda comprar votos entrando em certos cafés e pagando cafés e mais..

    • Zé Falido diz:

      Lol que ridículo. Chega de Tachos…não serás por acaso um personagem que muito diz essa expressão no Facebook e que já foi desmascarado, pois não?🙂

      • chega de tachos diz:

        Sé és falido deves andar atrás dos tachos na terra dos tachos socialistas em troca de votos dos socialistas ide trabahar para o campo e daxai de chorar,fanáticos

    • chega de tachos diz:

      Joaquim Couto diz amo gaia e perdeu,amo Santo Tirso será a mulher certa, cá para mim vái ser um divórcio.

  27. Coutinho Mamão diz:

    Jamais votarei no candidato que nos abandonou! Quer mamar outra vez!! palhaços

  28. stsleaks diz:

    Não olham para o espelho e nem se apercebem que já foram desmascarados! Continuam a publiciar com os mesmos nomes falsos. Pelo menos podiam criar outro utilizador! Para validar tudo o que disse sobre a autoria das cartas “anónimas” que circulam, acrescento a distribuição feita por candidatos do PSD/PPM: https://santotirsoleaks.wordpress.com/2013/09/22/candidato-pelo-psdppm-distribui-a-carta-anonima/

  29. GNR da PSP diz:

    Mas afinal o que diz a carta em concreto? ainda não consegui ler, nem a encontro em lado nenhum….

    • Zé Falido diz:

      A carta são 31 razões para não votar JC. Pq abandou, pq candidatou a gaia e perdeu, pq se estivesse em gaia não vinha para cá, pq as escolas estavam a cair de pobre, pq foi deputado e foi para lisboa, pq o IPP e Lusiada nao ficaram em Santo Tirso, etc. Assinado por: Associação que não existe. No cabeçalho INFOMAL em vez de INFOMAIL. Por acaso está correto INFO do MAL …que não dá a cara.

  30. chega de tachos diz:

    Donde vem o dinheiro do mega pequenique com vários cantores,e o no desfecho da campanha,com o José Cid,vem do dinheiro dos contribuintes?na Campanha do joaquim Couto?

  31. zedoscaes diz:

    Não será esta?:

    CARTA ABERTA A JOAQUIM COUTO

    Já lá vão 31 anos das nossas vidas, e já não éramos crianças, quando, em 1982, fomos candidatos à Câmara de Santo Tirso, ainda o concelho era o grande concelho de Santo Tirso, de Vilarinho a terras de Bougado, e, mais ainda, toda a sua população era uma só alma e um só caminho, mal tratados por uns, aproveitados por outros, para a sua separação. Separação resultante do tratamento desigual, como desigual, depois, nos benefícios, na sua economia e no bem-estar de todos. Hoje, passados 31 anos, estamos mais velhos, ou tão velhos que os novos já não nos ouvem. Talvez o ouçam, a si !

    A presidência da Câmara foi-lhe entregue, nessa altura, há 31 anos, pela população do concelho, em eleições livres e democráticas. A sua presidência foi a de um político normal, ao tempo grande apoiante da indústria e defensor do equilíbrio capital/trabalho, para que as empresas progredissem e os empregos não se perdessem. Embora a sua presidência fosse muito marcada pela ausência, e demais marcada pela delegação de poderes naquele que mudou tudo, virando-lhe, até as costas, em função de critérios de poder pessoal. Tudo mudou, em consequencia, por causa disso. Está visto que mudou, para melhor! Há mais empresas e mais empregos. E, ainda, mais liberdade! E não há medo!

    Volta, agora, como candidato, quando o concelho vive uma fase da sua história, “limpinha, limpinha, limpinha”, depois da sua retirada para o Governo Civil do Porto, e depois de uma candidatura à Câmara de Vila Nova de Gaia, em que foi derrotado. Julgamos que o povo deste concelho, mais pequeno, agora, em 2013, com menos área e menos pessoas, mas com mais empresas e mais empregos, para além do Call Center, orgulho máximo da criação de emprego, com uma juventude, que deixa um concelho de oportunidades, para outros concelhos, já muito antes da debandada do país, com a troika e, além da troika, com este governo de economistas, servidores de jogos e incertezas, e não de humanistas, lhe vai dar, novamente, a Câmara e a governação, com esperança em mais dias de felicidade, e não pelo desespero de anos de infortúnio, de carências, de ausência de esperança e de alternativa, de falta de liberdade e de medos. Volta, e nós, tirsenses, dizemos todos, em uníssono: – Venha viver a nossa felicidade, que é tão grande e é tão bela! “Olhai os lírios do campo!”

    Poderá provar-se que a mesma água pode passar duas vezes, por baixo da mesma ponte, que é possível voltar a ser feliz, no mesmo lugar, e que o tempo volta para trás. Desta vez, esperando-se que garanta ao povo do concelho que não cede à tentação de um outro convite, para ir embora, a meio do mandato, o que não seria, desta vez, perdoável, mas que o povo já poderá ter esquecido, o que convinha. Pede o povo deste concelho que, novamente, tenha em atenção quem nomeia vice-presidente e número dois, para que, em caso de ter de sair, apenas por fatalidade ou doença, fique a garantia, como tivemos, de continuar a haver na Câmara um vice-presidente, promovido a presidente, com saúde mental, equilíbrio de temperamento, sentido dos limites legais e morais do poder, incapaz de usar da fraqueza ou do pecado da vingança, total ausência de vontade de usar o poder para perseguir opositores, sabedor de que deve aprovar os projectos, segundo critérios legais e não por simpatia ou interesse, nunca manipulador dos pareceres técnicos dos seus engenheiros e arquitectos; que nos traga mais passadiços suspensos, ao modo da ponte do rio Kuwait, mas das que não vão abaixo, nem à bomba, porque nela se investiu o quádruplo do que seria necessário, graças as taxas camarárias, que nos cobram, para ter um acesso, nas margens de um rio cheio de vida, de actividade desportiva e de recreio, com pescadores electrocutados, até, por génio de projecto, e onde os barcos cruzam da nascente à foz, em manifestações de vida e alegria.

    Tenha em especial cuidado a nomeação do número dois e, se for caso de ter de ir, outra vez, embora, use a mesma segurança de diagnóstico psiquiátrico, tão conveniente aos poderes, de confiança e de competência, para que possamos manter, ao fim de 31 anos de pedidos e exigências, aquela fronteira, onde os carros andam serenos, quase mada, e que nos livra das pressas e do destempero, ali para os lados da saída para Guimarães, que tanto gostamos de ver rústica e lenta, ainda que sem passadiço ou medieval elevadiço, mas que nos salva da invasão dos bárbaros, se é que os bárbaros são eles e não somos nós. Não abdique das suas competências, voltando a dizer, como disse, ao ser questionado, em tempos, na sua presidência, por uma destacada figura socialista, advogado no Porto, e Iíder parlamentar do PS, das razões do atraso de um licenciamento, que esse licenciamento não tinha qualquer problema, mas havia, apenas, uma questão pessoal (!!!) entre o munícipe e o seu vice-presidente. Porque, assim, ao alhear-se dos problemas dos munícipes, comete um duplo erro. Por um lado, porque não deve alhear-se dos problemas dos munícipes e, por outro, não deve permitir que alguém na Camara a que preside, transfira os ódios pessoais para as decisões oficiais da Camara. Delegar poderes a este nível, é fingir que se é bom, quando se permite o mal.

    Garanta-nos um número dois que nos dê mais Lojas do Cidadão, que nos permita não termos de pagar, todos nós, através dos muitos impostos e do aumento do IMI, e mais outras taxas, altíssimas rendas, em benefício de anónimas sociedades familiares, a quem tanto gostaríamos de manifestar o nosso desejo de que nos levem os ordenados, as pensões, as casas, os filhos, os netos, e a saúde, para que seja feita a vossa vontade, assim na terra, como no céu, em que se tornou o tão amado concelho de Santo Tirso, ao fim de 31 anos de partido socialista, com mais emprego e menos desempregados.

    E não altere as regras e os costumes nos quadros da Câmara, particularmente nos quadros superiores, desorganizando a imensa teia dos pareceres, que ora técnicos, ora políticos, ou até jurídicos, mesmo estes, também, dados por arquitectos e engenheiros, e os chamados jurídicos, dados por engenheiro, se misturam, numa açorda alentejana ou num ensopado de cabrito. Mantenha o quadro de juristas a passar multas por cocó de cão, libertos da canseira do raciocínio e do saber, e mantenha as avenças, para que, assim, possa, com mais competência, manter as desavenças, por capricho, conforme melhor aprouver. É fundamental que cada jurista com salário, na Câmara, não tire a oportunidade a advogados que ambicionam o serviço público e não são funcionários públicos, defendendo o poder, porque o poder lhes paga, e não porque haja o que possa ser melhor defendido pelos quadros internos, que a Camara tem para fazer o serviço competente.

    Seja, novamente, cuidadoso, na nomeação do vice-presidente, para que possa o povo deste concelho, daqui a uns anos, como agora, dizer:- foi-nos dado um vice-presidente, promovido a presidente, com as garantias de podermos ser governados, não por um qualquer destemperado e prepotente, mau carácter e mau para o concelho, mas por alguém, graças ao Senhor. Garanta-nos, Joaquim Couto, que vamos continuar a ter uma imprensa livre, tão bem representada por um jornal centenário, tão melhor dirigido por tão especial intelectual/jornaleiro, de fato-macaco e livrinho, servidor de todos os regimes, ao preço dos editais, que tem as páginas abertas à discussão dos problemas e à diversidade das opiniões.

    Mantenha as portas do concelho abertas à inteligência, à liberdade e a livre discussão dos problemas, neste concelho, onde não há medo, nem uma secreta de bufos, que correm aos gabinetes a denunciar, na mira de um favor ou, apenas, o que já é muito, por defeito de raça. Sim, porque as pides acabaram, mas o espírito da denúncia e da bufaria não acabou e é alimentado pelos ditos democratas de S. Bento, constantes, em batalha. Baixe o IMI, alvo de perfeito engano e abuso, ou esbulho. até onde puder baixar, para aliviar a carga dos impostos, particularmente sobre aqueles que construíram as casas para não viver na rua. Mantenha baixo o IMI e as taxas da Câmara. Baixe o IMI da habitação própria, incidindo imposto só sobre as que são rendimento; estas sim, merecedoras de imposto, ao contrário das outras. Seja o presidente de todos os tirsenses e não só o presidente dos socialistas do PS, e não obrigue tirsenses, ao silencio e a humilhação, por não poderem falar livremente ou terem de dizer o contrário do que pensam. Abra as portas da Câmara ao povo, para que o povo perceba como ficou a Câmara com o número dois, que nos deixou cá, e que vamos recordar para todo o sempre, como um caso de estudo, que marcou a história do concelho de Santo Tirso, como o homem que fez do concelho uma terra de harmonia, liberdade e progresso, tudo tão perfeito, tão claro, tão avançado, que é tijolo por todo o lado e miolo por tudo que é sítio, neste fim de tempo, em que, ou é agora, ou nunca mais há nada para ninguém, e lá se vai o tacho.

    E quer um conselho, para recuperar a economia local? Feche, por uns tempos, os olhos ao rigor das licenças e das taxas, deixe nascer a economia paralela da pequena iniciativa, deixe fluir a enorme capacidade de imaginação e empreendedora, mesmo a que se subtrai ao rigor da legalidade (Portugal sempre funcionou melhor em roda livre, sem o empecilho dos que querem tudo taxado, para poderem viver a custa dos que trabalham e arriscam), e verá como surgirão investimentos e novas formas de emprego, que, gradualmente, com tempo, poderão enquadrar-se, mais tarde, numa legalidade benéfica, para o país de todos, e não só para o país dos políticos profissionais. Coloque, acima de tudo, como valor sagrado de uma nova presidência, o não ao medo. Não ao medo de pensar, não ao medo de falar, não ao medo de expôr, livremente e sem risco de represálias, as diferentes opiniões, que dão dinamismo às pessoas e progresso as sociedades. Abra os jornais a discussão aberta dos problemas do concelho, sem os castigar com os editais, que sim ou que não. Faça do concelho, uma terra, que continue a ser de todos, igualmente. Depois de 31 anos do exercício de um poder tão amigo da democracia e da liberdade, em que um vice-presidente, promovido a presidente, transmitiu às pessoas, à governação e ao concelho a marca da credibilidade mental e política, que teve no jornal centenário a expressão mais fidedigna do que é a liberdade de expressão, jure, pela sua honra, em promessa eleitoral, que não muda nem um milímetro do que está, para que tudo fique na mesma, os editais e a publicidade da Camara seja entregue, em igualdade a todos os jornais do concelho, independentemente de serem afectos ao PS ou não, que, deste modo, é tão bem e é tão bom. E diga-nos, finalmente, em consciência, se sente mérito ou orgulho, por nos ter deixado tão bela herança! Volta, arrependido de ter entregue o concelho a quem seguiu uma trajectória, que não era a sua, ou vem para continuar a obra com que concorda? E, para perpetuar o consulado do seu vice e depois sucessor, agora que se vai de passadiço da Camara e o raio que o parta, de quem é, por sua vez, sucessor, dê ao passadiço, em homenagem ao autor, o nome de PASSADIÇO C. F. (CASTRO FERNANDES) ou, na mesma, PASSADIÇO C. F. (CAMINHO DE FERRO), porque todo ele tem tanto de ferro, como de gasto, de desperdício, saído, com enorme regozijo, dos bolsos de todo o povo do concelho.

    ASSOCIAÇÃO DOS CIDADÃOS PARA A DEMOCRACIA

  32. Anónimo diz:

    Santo Tirso ocupa o 306º em 308 concelhos
    O concelho de Santo Tirso encontra-se posicionado em 306º lugar no ranking do indicador de desenvolvimento municipal (IDM) num estudo efectuado pela “Municípia, SA”, e os concelhos vizinhos, outrora bem mais atrasados, surgem hoje em lugares de destaque, com grandes investimentos, melhores acessos, melhores zonas industriais, etc.
    O Indicador de Desenvolvimento Municipal (IDM) é uma medida de referência que permite posicionar os 308 Municípios portugueses em termos de desenvolvimento, sustentado em critérios específicos devidamente descriminados e justificados.
    O IDM constitui para os Executivos Camarários um instrumento de avaliação e de referência sobre a eficácia e eficiência da sua gestão, tendo em conta a sua posição relativamente aos demais Municípios.
    INDICADORES QUE SERVIRAM DE BASE AO ESTUDO:
    • Índice de Investimento Municipal
    • Cidadania
    • Capacidade de Influenciar o Exterior
    • Dinamismo Económico
    • Ambiente e Qualidade de Vida
    • Serviços de Apoio às Populações
    • Potencial Demográfico

  33. Diz não ao racismo socialista diz:

    Diz não a um concelho Socialista racista que descrimna pessoas de outra cor partidária,presidentes de junta de freguesias que não sejam da sua cor partidária e na comunicalão social.

    • Diz não ao racismo socialista diz:

      Diz não a um concelho socialista racista De Santo Tirso que discrimina pessoas de outra cor partidária,presidentes de junta de outra cor partidária e na comunicação social.

      • stsleaks diz:

        Aproveite e diga ao Sr. Alírio para não discriminar as suas gentes, como discriminou e desrespeitou para se auto-promover como candidato! Qual a razão para o candidato à Câmara não ser o José Pedro Miranda? Qual a formação de Alírio? E se não tem formação, quais os cargos de gestão, direção, administração relevantes que já desempenhou para chegar a candidato? ZERO! (estar no centro de emprego a comentar o blog “Era Mais um Fino” não conta para experiência)!

        Diga também ao Alírio que não faça Jornais Online sem rosto; que não apoie a distribuição de cartas de associações que não existem; que candidatos seus não tenham perfis falsos usando fotografias de outras pessoas e comunidades anti-Santo Tirso com artigos hora a hora no Facebook. Dizer mal dos outros é o que resta a quem não se consegue impor pelas suas ideias e projetos.

      • Diz não ao racismo socialista diz:

        Ainda bem que o PSD não discrimina ninguém dá oportunidades qualquer pessoa a candidatar-se sem curso superior e que pode tirar em qualquer idade,O Alírio trabalha no cento de emprego conhece a situação dos jovens e dos jovens de mais idade.O Joaquim Couto nunca exerceu medicina e deixou S.tirso atrasado no tempo.

    • stsleaks diz:

      A sua resposta e linguagem não merecem qualquer tipo de comentários. Entende-se que não conhece a realidade ou não a quer conhecer. Nem sequer sabe o que aconteceu dentro do partido que apoia. Felicidades.

  34. Laranjinhas contra atrasados mentais dos xuxalistas diz:

    Em 31 anos o socialismo nunca se lembrou do motor económico do turismo para Santo Tirso.

    • stsleaks diz:

      A linguagem está ao nível dos ataques “anónimos” que proliferaram por todo o lado e nas 40 mil cartas. Está ao nível do candidato do PSD/PPM à Câmara Municipal. É o que resta a quem não se consegue impor pelas suas ideias e projetos. Alírios e Andreias!? Por favor! José Pedro Miranda não utilizou tais armas, o que demonstra quem deveria ter sido desde sempre o candidato à Câmara.

      • Laranjinhas contra atrasados mentais dos xuxalistas diz:

        Tanta superioridade e vê-se como está Santo Tirso,querem im Santo tIRSO atrasado para terem os votinhos já contados e certos dos socialistas.

  35. stsleaks diz:

    Alírio é mesmo amante de não cumprir com nada. Desde o comunicado da Comissão Nacional de Eleições sobre a utilização das ferramentas de marketing pago do Facebook que não vi nenhum candidato a utilizar. Eis que hoje ali está a página de Alírio na secção de Patrocinado! Incrível.

  36. INFO-MAL diz:

    A verdade é que Castro Fernandes acabou sozinho no executivo da câmara e não só, ou seja de todos os vereadores, o único que ficou com ele até ao fim foi o cunhado… e o mais engraçado, foi o Figo que sempre disse mal de Castro Fernandes toda a vida, e vice-versa..
    Os “amiguinhos” que Castro Fernandes gostava tanto, viraram-lhe a “casaca”, Eng.ª Ana Maria, Eng.º Luciano e outros mais, que toda a gente sabe quem são….
    Uma lição para ele(CF)… CF que deu valor e “valores” a quem não merecia e nada a quem “devia”!
    Mas estes mesmos falsos e vira casacas vão ser também os primeiros a abandonar o “barco” do Couto quando a “viagem” estiver a terminar…
    Dá gozo ver pessoas, que sempre criticaram e disseram mal e porcamente da vereadora Ana Maria hoje sejam tão “amigas”…
    Dá mesmo gozo assistir a isto de “poltrona” na 1ª fila…
    eheheheheheh….toma lá CF….
    NUNCA É TARDE PARA APRENDER….!!!!

    • stsleaks diz:

      Castro Fernandes só recolhe o que semeou. É muita e muita gente dentro e fora do partido a ficar aborrecida com a sua postura. Nada tem a ver com ele “valorizar” quem não devia, tem a ver com as atitudes e forma de estar.

      Ele sempre disse mal da Eng.ª Ana Maria e depois do nada foi promovê-la, pois seria uma forma de continuar a “comandar”. Como não foi avante, voltou de novo a dizer mal dela.

      É o género de pessoa que se o seu partido perder ficará contente e feliz e aos saltos. Portanto, falar em alguém “virar a casaca” a Castro Fernandes é forte, visto que na realidade ele nunca vestiu a “casaca” a ninguém, não fosse esse alguém retirar-lhe o protagonismo.

  37. stsleaks diz:

    Alírio Canceles ignorou a lei e o comunicado da Comissão Nacional de Eleições que impede a utilização de publicidade paga nas páginas de campanha no Facebook.

    Depois deste comunicado reparei que os candidatos respeitaram e cumpriram. Mas hoje, para meu espanto, constatei que Alírio Canceles voltou à carga, num claro desrespeito pela lei.

    Uma atitude que já seria de esperar, visto que Alírio Canceles já:

    . foi apanhado a comentar blogs com nomes fictícios;

    . foi apanhado como coordenador do jornal online sem rosto “Santo Tirso Jornal”;

    . foi apanhado com utilizadores da Indonésia, Índia e China a “apoiar” a sua página no Facebook;

    . foi apanhado com um pupilo, candidato pelo PSD/PPM à Assembleia Municipal , a espalhar propaganda e contra-informação com perfis falsos e comunidades anti – Santo Tirso;

    . ajudou na distribuição de cartas assinadas pela INEXISTENTE Associação dos Cidadãos para a Democracia.

    Isto é o que resta a quem não se consegue impor pelas suas ideias e projetos. Resta somente o ataque pessoal aos seus adversários políticos e a Santo Tirso, convencido de que pode passar despercebido no anonimato. Mas não, a estratégia falhou.

    É bom que se saiba, e se faça a devida ressalva, de que o comportamento de outros candidatos pelo PSD/PPM, tais como José Pedro Miranda, é bem diferente. Sempre teve um tipo de conduta que o distinguiu e distingue de Alírio Canceles. Tudo isto veio confirmar que deveria ter sido José Pedro Miranda o candidato à Câmara Municipal e não Alírio Canceles. Alírio auto-promoveu-se dentro do PSD, manipulando os elementos da Comissão Política Concelhia (escolhidos a dedo), de forma a que na hora pudesse ser ele o candidato, desrespeitando muitos dos militantes Tirsenses do PSD.

    **************************************
    Tudo com provas em:

    https://santotirsoleaks.wordpress.com/2013/09/25/alirio-canceles-nao-respeita-a-lei-e-foi-contra-jose-pedro-miranda/

    **************************************

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: