(Pseudo) Elites à Portuguesa

No dicionário de português online há dois significados para “Elite”. A saber…

  1. O que há de melhor numa sociedade.
  2. Minoria social que se considera prestigiosa e por isso detém poder e influência.

Diga-se em abono da verdade que a segunda é a que impera em Portugal. É muito fácil de ver que a opinião pública e publicada sempre gostou de endeusar uma (pseudo) elite, maioritariamente concentrada em Lisboa, que apesar do mediatismo, poder, dinheiro e influência está longe de ser o melhor que temos no país.

Os últimos tempos têm mostrado que exemplos como Zeinal Bava, Ricardo Salgado, Duarte Lima, entre outros, são capazes de ser mesmo o pior da nossa sociedade. Por outro lado, aqueles que de facto são os melhores – os que criam modernização, inovação, desenvolvimento, emprego e riqueza – como por exemplo Belmiro de Azevedo ou Alexandres Soares dos Santos, são odiados e vilipendiados.

Na política, tal como nos negócios, acontece exactamente o mesmo. Só que em política é ainda mais fantástico, por duas razões: 1) São os portugueses a escolher quem a elite política; 2) As acções dessa elite interefere directamente nas vidas dos portugueses. Ainda assim os eleitores têm preferido Sócrates, Vara, Isaltino, Valentim, Narciso, entre muitos outros. E mesmo depois de condenados voltam a elegê-los, como no caso de Felgueiras.

Estranho país este… que só tem aquilo que merece…

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: