Contorcionismo Político

Li no Observador de hoje: “Miguel Albuquerque refere que a monitorização das árvores faz parte da área da autarquia e não do Governo Regional “Eu, como presidente do governo, assumo as minhas responsabilidades. Quem tem outras de jurisdição, tem as suas”.

Isto não soava tão mal se o Miguel Albuquerque não tivesse sido presidente da Câmara do Funchal durante quase 2 décadas! – entre 1994 e 2013.

Acho absolutamente incrível a forma como os actuais políticos da nossa praça se apressam a fugir às suas responsabilidades, políticas e de outra natureza.

Também acho muito curiosa a habilidade que todos eles demonstram a sacudir a água do capote, em exercícios de contorcionismo dignos do Cirque do Soleil.

Como o Miguel Albuquerque, outros (com o primeiro ministro António Costa à cabeça) foram politicamente responsáveis pela morte de 64 pessoas no Pedrogão, mas passados 2 meses sobre essa tragédia, não se vislumbra nem um pingo de vergonha, nenhum sinal de mea culpa, ou a mais pequena aceitação de responsabilidade.

Uma vergonha de país, este Portugal, governado por gente menor, a caminhar a passos largos para o abismo. E desta vez, sem retorno.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: