#RyanAir: O fascínio tuga pela coisa rasca

19/02/2014

A Ryan Air anunciou que irá iniciar uma rota Porto – Lisboa (ou será Lisboa – Porto?) nos próximos meses. Naturalmente uma rota que ira ter preços Low Cost.

As redes sociais em Portugal já estão todas excitadas por ter a possibilidade de voar entre Porto e Lisboa, como se fosse algo que necessitassem como de pão para a boca.

É o fascínio tuga por coisas rascas.

Nenhuma viagem Porto – Lisboa de avião compensa, por mais barata que seja, em comparação com uma viagem de comboio no Alfa Pendular. Senão vejamos.

Quem está no centro do Porto tem de se deslocar à Maia para se servir do aeroporto. O que de Metro (desde a Casa da Música) levará cerca de 25 minutos (e custa 1,85€).

A viagem de avião exige que se esteja no aeroporto pelo menos 1 hora antes. E a viagem demora pouco menos de 1 hora (incluindo uma optimistica avião – saída do terminal).

Do Aeroporto até Santa Apolónia – para se ter um termo de comparação válido – o metro leva cerca de 40 minutos (e custa 1,40€).

O comboio pode-se apanhar perfeitamente estando na estação com 15 minutos de antecedência. A viagem do centro do Porto (Casa da Música) até Campanhã demora 10 minutos (e custa 1,20€).

O Alfa Pendular demora cerca de 2h30m a fazer o percurso directo entre Porto – Campanhã e Lisboa – Santa Apolónia, e custa 55€.

Ou seja,

– Viagem de Avião:

  • Tempo – 3 horas e 5 minutos
  • Custo – 3,25€ + bilhete de avião

– Viagem de Comboio:

  • Tempo – 2 horas e 55 minutos
  • Custo – 1,20€ + bilhete de comboio (55€)

Já para não falar no facto de os vôos da Ryan Air serem apenas de manhã, o que obrigaria muita gente a pernoitar em Lisboa – pagando alojamento + alimentação.

A isto, soma-se o excelente serviço do Alfa Pendular versus a forma vergonhosa como a Ryan Air trata os passageiros. E também o evitar de passar em controlos e seguranças.

Mas claro, o tuga fica todo excitado com a Ryan Air, e o Low Cost. O mesmo tuga que, de certezinha, continuaria a querer a construção do TGV.

Mas o que se há-de fazer? Comboio é para o “pobre”… nós, o tuga “rico” (mas pobre de espírito) gostamos é de coisas sofisticadas como Aviões e TGVs.


%d bloggers like this: