António Francisco Debaixo-da-Madeira Costa

10/08/2019

A maneira como António Costa e o Governo PS estão a lidar com o caso dos motoristas de materiais perigosos faz lembrar Frank Underwood, o ignóbil personagem que faz de presidente dos EUA na famosa série House of Cards.

A certa altura, Frank Underwood aproveita para empolar um caso e declarar uma situação de emergência nacional, para tirar dividendos políticos e eleitorais.

É, nem mais nem menos, o que António Costa e o PS estão a fazer, com a conivência de uma comunicação “dita” social, capturada pelos interesses da Cúpula de Lesboa.

fjviegas

Anúncios

Gosta de contorsionismo? Siga #VotemNeles

16/06/2019

costa_aumentos

No início do mês de Maio, António Costa ameaçava demitir-se, se a “Lei dos Professores” fosse aprovada. Essa lei previa que os salários dos professores fossem repostos (dados os congelamentos), contando todo o tempo de serviço.

Nessa altura António Costa disse que isso iria ter um impacto incomportavel nas contas públicas, e acusou nomeadamente o PSD e o CDS de irresponsabilidade.

Seis semanas volvidas (sim, apenas 6 semanas), o mesmo António Costa vem prometer não só um aumento de contratação de funcionários públicos, como também o aumento significativo dos salários dos funcionários públicos.

António Costa e o seu Governo, o PS e as bancadas parlamentares que apoiam o Governo, perderam toda a vergonha. E fazem dos portugueses parvos todos os dias. Em ano de eleições vale tudo. E eles são os campeões.

Só tenho um conselho… um apelo… #VotemNeles !!


A coerência – Exemplo #537

28/05/2018

13 de Maio de 2018

27 Maio 2018


Google? Tive um déjà vu (PT/Sócrates/Bava)

25/01/2018

António Costa anunciou: a Google vem para Portugal, abrir um Centro de Serviços e Hub Tecnológico, que vai criar 500 empregos qualificados e servir Europa, o Médio Oriente e África.

Segundo o Primeiro-Ministro e o Partido Socialista, esta é uma enorme conquista. E o mérito é todo do Governo liderado por António Costa. Como não poderia deixar de ser, o investimento é na zona da grande Lisboa (Lagoas Park, Porto Salvo, Oeiras).

De repente tive um déjà vu… há não muitos anos atrás, o Primeiro-Ministro José Sócrates acompanhado pelo CEO da PT Zeinal Bava e o Presidente da Câmara de Santo Tirso Castro Fernandes, anunciavam a abertura de um Centro de Relacionamento e Apoio Técnico a Clientes no meu concelho.

O investimento iria criar 1.200 empregos qualificados, e o centro seria equipado com tecnologia de última geração. Castro Fernandes afirmou, na altura, “estes não serão empregos precários“.

A verdade é que passados estes anos sabemos que foi criado um Call-Centre com metade dos postos de trabalho anunciados, e que esses postos são tudo menos qualificados. Gente que conheço e trabalhou lá, diz mesmo que o emprego não só é precário como existem práticas inaceitáveis (ex. não permitir idas ao WC).

Portanto, vindo de Socialistas, mais vale não embandeirar em arco e esperar para ver, tal como São Tomé fez. A verdade é que o Centro de Serviços e Hub Tecnológico da Google, que vai criar 500 empregos qualificados, pode acabar por ser mais um Call-Centre onde se oferece emprego precário a recém-licenciados desempregados.

Para além disso, causa-me vergonha alheia ver o que a Reuter escreveuWe have invested strongly in education, we are highly language-proficient” and have a large pool of skilled engineers, Costa said in a slightly broken English, adding, with a smile, that he was an exception to the rule“.

Um Primeiro-Ministro que, não só se habituou a mentir (ou a ocultar our dizer meias-verdades), e que o faz sempre com um sorriso na cara – uma cara sem vergonha absolutamente nenhuma.

 


A táctica do PS e do seu director de campanha

25/07/2015

CKxtUiZWoAA4YBM

É esta a táctica do PS. A estratégia do director de campanha de António Costa, Ascenso Simoes.

Nao surpreende. Aliás acontecerá em todos os partidos. Mas é triste.

Estao todos mais preocupados com a manipulacao de imagem e opiniao pública, do que com o futuro do país.

Nada de novo portanto. E os portugueses vao votar neles. Terao o que merecem.


Je suis Charlie quando dá jeito

03/05/2015

CEFeP94UIAEtAkH

Há umas semanas atrás António Costa era “Charlie”. Mesmo ao centro, nesta foto cheia de outras “figuras” da política portuguesa. Indignava-se e lutava pela liberdade de expressão dos jornalistas daquele jornal francês.

Agora, António Costa manda SMS a jornalistas de jornais portugueses. Tentanto coarctar a liberdade des estes escreverem o que pensam do PS, de António Costa e do seu programa/ideias para Portugal.

É a hipocrisia e a falta de vergonha no seu limite.

Infelizmente o povo que vota já demonstrou por várias vezes ter memória curta e, daqui a uns meses, certamente que mais de 1 milhão de portugueses irá votar e eleger este escroque para Primeiro-Ministro.

Aos que vivem em Portugal e, sem culpa nenhuma, irão ver o seu futuro nas mãos desta gente, desejo boa sorte. Aos outros, os que votam, espero que tenham aquilo que merecem.


Governar, à lá António Costa

15/02/2015

Nos últimos tempos tem ficado bem patente a forma de Governo de António Costa…

  1. Benefeciar os que mais podem: Câmara de Lisboa perdoa 1,8 milhões de euros ao Benfica
  2. Discriminar os que menos podem: Veículos anteriores a 2000 proibidos de circular na Baixa de Lisboa
  3. Governar sem transparência: António Costa recusa mostrar relatório sobre obras em Lisboa

… mas ainda há muito boa gente a pensar votar no alcaide de Lisboa.


%d bloggers like this: