Egoísmo e Irresponsabilidade

25/06/2020

A notícia de um surto do novo Corona vírus em Oliveira do Bairro, em consequência da festa de re-abertura do bar Taberna Brewery demonstra bem muito do que está por trás do descontrolo da pandemia em Portugal.

Egoísmo – Os proprietários do dito bar poderiam e deveriam ter re-aberto o seu estabelecimento seguindo as regras definidas pelas autoridades, bem como o bom-senso que a actual situação exige.

Em vez disso resolveram fazer uma festa de re-abertura – muito provavelmente compelidos pela vontade de chamar a atenção, bem como pela ganância de fazer dinheiro rápido.

As consequências desta atitude irreflectida, ignorante e egoísta atingirão agora todos os comerciantes da área, que depois de 3 meses fechados já viam a luz ao fundo do túnel.

No lugar deles, eu pediria responsabilidades aos donos Taberna Brewery.

Irresponsabilidade – Sabe-se também que na dita festa estiveram presentes dois vereadores da C.M. Oliveira do Bairro – seguindo as pisadas e o mau exemplo do Primeiro-Ministro e do Presidente da República.

Como autoridades locais, os vereadores deveriam zelar pelo cumprimento das regras, pelo bem estar das populações, e pelo bom funcionamento da economia – que mantém empregos e garante futuro.

Ao invés, quiseram fazer aquilo a que a maioria dos autarcas estão habituados: pavonear-se em festas, para chamar a atenção a si próprios e continuar a campanha eleitoral com vista ás próximas eleições autárquicas.

As consequências desta atitude inconsciente, leviana e narcisista poderá forçar o recuo nas medias sanitárias do concelho, tendo impacto na economia local, e levando a mais tempo de desespero dos oliveirenses.

No lugar dos eleitores, eu pediria responsabilidades aos autarcas, castigando-os no próximo acto eleitoral.


%d bloggers like this: