Sou católico mas…

04/04/2010

… espero que nesta Páscoa jesus (o Jorge) não ressuscite e que a minha (por afinidade) Naval 1º Maio vença o Benfica.


Os milhões benfiquistas (II)

28/01/2010

No final do ano passado, neste post falando dos “milhões” Benfiquistas para novas contratações, dizia eu que me parecia “muito duvidosa a forma como este dinheiro todo é conseguido“. Pelos vistos, não fui só eu que tive dúvidas. Também a Inspecção Geral de Finanças e a Polícia Judiciária as têm. Senão vejamos

Acordo com a Câmara de Lisboa valeu ao Benfica 65 milhões de euros: «A investigação conclui que, ao aprovarem o referido contrato-programa, a Câmara e a Assembleia Municipal de Lisboa “instrumentalizaram a EPUL”, fazendo-a assumir encargos directos de 18 milhões de euros na prossecução de fins estranhos ao seu objecto social. Mas, além dos 18 milhões, o Benfica encaixou mais 47, pois o contrato-programa ainda lhe permitiu vender um terreno à EPUL e receber outro da Câmara de Lisboa»


Brincar com coisas sérias

21/01/2010

Hoje, os clubes de futebol são empresas que movimentam milhões de euros. Estão cotados em bolsas e têm obrigações iguais às de qualquer outra empresa. No entanto continuam a ser geridos a brincar, como se de uma associação ou clube recreativo se tratasse. Sem profissionalismo e exigência. Esquecendo que são empregadores e deles dependem centenas de pessoas.

Colocam-se em lugares de gestão e de decisão, pessoas que não têm qualquer formação (e aqui não falo só em formação académica, falo também de formação pessoal). Como se o seu nome ou o seu curriculum de troféus (que ganharam como jogadores ou treinadores) lhes desse capacidade para gerir seja o que for.

A maioria deles nem sequer sabe gerir o próprio dinheiro. Daí vermos muitos ex-jogadores sem “chêta”. Enquanto jogavam e ele “pingava” era gastar à “tripa forra” e depois… enfim. Uns têm cafés e restaurantes, os outros dependem dos clubes, que lhes dão cargos de treinadores de iniciados.

O exemplo de Sá Pinto é flagrante. Mais ainda quando se sabe do que se tinha passado há uns anos atrás com Artur Jorge. Diga-se que Liedson também não é, nem nunca foi, um santo. O que sería se numa empresa cotada em bolsa (pensarei num BES, PT, GALP, Soares da Costa, sei lá…) um director andasse ao soco com um funcionário?


Os milhões benfiquistas

30/12/2009

Quem tem memória lembra-se que em 2001 o governo de António Guterres fazia aprovar aquilo a que chamava de “reforma fiscal” e que visava mais justiça e equidade. Um conjunto de medidas que faria subir ainda mais as receitas dos impostos e combater a fuga e fraude fiscal. Mas foi na mesma altura, que o ministro das finanças de então fechava os olhos a uma dívida monstruosa do SL Benfica que já vinha de há 2 anos atrás.

Isto era (e ainda é) absolutamente intolerável num país que se quer desenvolvido e democrático. Custava a acreditar na hipocrisia do governo e na discriminação com que o PS tratava o contribuinte comum. Este que, ao mínimo descuido, era “apanhado”. É que este “perdão” ao SL Benfica significava que o Estado estava – com o nosso dinheiro – a subsidiar a compra de jogadores, que não poucas vezes se fez (e ainda faz) com valores imorais.

Não é demais lembrar que o que estava aqui em causa eram muitos milhares de contos de impostos dos trabalhadores do clube, que foram retirados e não entregues aos cofres do Estado. Um crime fiscal de enorme dimensão. Um crime pelo qual muita gente foi (e ainda é) condenada e presa.

Mas o regabofe continua para os lados da Luz. Apesar do passivo de 500 M€ o clube da águia continua a contratar jogadores como se não houvesse amanhã. Isto apesar de estar a ter a melhor época dos últimos 15 anos.

No início da época o Benfica investiu cerca de 30 M€, mas agora a conta corrente já vai em quase 50 M€. Algo nunca antes visto no futebol português. Aliás, tendo em conta também o Sporting CP, Lisboa lidera o mercado de transferências europeu algo inacreditável se tivermos em conta que somos dos países com mais dificuldades da UE.

Tudo isto é imoral, e parece muito duvidosa a forma como este dinheiro todo é conseguido. Ao ponto de fazer com que pessoas como Pinto da Costa (sería talvez a última pessoa que pensaríamos ouvir sobre este assunto) digam, com muita razão, que “não há petróleo no Porto”.


Quem merecia ir ao Mundial 2010?

19/11/2009

A selecção Portuguesa conseguiu à boa moda tuga (com muito sofrimento) o apuramento para o Campeonato Mundial de Futebol 2010 que vai decorrer na África do Sul.

Depois desta desnecessária e sofrida fase de qualificação apenas tenho a dizer que o português – de entre jogadores, técnicos, dirigentes e adeptos – que mais merece a ida ao Mundial 2010… é Pepe.

Parabéns também a R. Meireles, Deco, B. Alves e poucos mais. Votos de muita humildade para C. Ronaldo, Nani, Simão Sabrosa e muitos mais.


E o ranho?… disgusting

28/10/2009

Proibido cuspir na Premiership: “Cuspir é sempre desagradável e anti-higiénico, sobretudo se estiverem outras pessoas por perto”, indicou uma porta-voz da Agência da Protecção de Saúde em Inglaterra “Devemos ter cuidado e não pode ser só a partir de agora. Se ninguém cospe para o chão dentro de casa, então porque é cospem para o chão na rua ou num campo de futebol? É totalmente inaceitável!”

Se eu estivesse no lugar da senhora, teria aproveitado também para referir o outro facto nojento no futebol. Quase todos os jogadores, fungam com força “cuspindo” pelo nariz o ranho acumulado. Enfim… Os jogadores não se podem esquecer de que muitas pessoas os tomam como exemplo. Principalmente os jovens.


Estirpe errada da gripe

27/10/2009

Vírus atinge plantel do Bétis: O guarda-redes Ricardo está entre os jogadores do plantel do Bétis de Sevilha suspeitos de terem contraído o vírus H1N1.

Aos frangos que “mama” não me admirava era que ele tivesse Gripe da Aves (H5N1) em vez da Gripe Suína (H1N1)


Nós merecemos, eles não !

19/10/2009

Depois da vergonhosa fase de qualificação – em que tinhamos manifestamente as melhores individualidades, mas não soubemos transformar em equipa – lá passamos “à rasquinha” (como é nosso apanágio) para o play-off. Agora temos dois decisivos jogos com a Bósnia-Herzgovina para chegar ao Mundial 2010.

Se formos ao Mundial de Futebol da África do Sul, nenhum português se irá lembrar que apesar da crise em que o país está mergulhado, a nossa selecção vai gastar milhões de euros em hóteis de 5 estrelas, viagens em 1ª classe ou jantares de luxo para todos os directores, técnicos e jogadores.

Directores, técnicos e jogadores esses que ganham dezenas ou centenas de milhares de euros por mês, mas mesmo assim exigem prémios milionários para representarem a selecção do seu país. Os mesmos que nas fases de qualificação (que não têm mediatismo) não se esforçam, não trabalham, simulam lesões. Mas depois nas fases finais (em que há TVs a transmitir para todo o mundo) cantam o hino de mão no peito e dão o litro (não vá um contrato melhor caír do céu).

Por mim, borrifo-me para estes senhores. Eles não merecem ir a mundial nenhum. Nós, o povo português, até que mereciamos, para nos levantar a moral. Mas estes “meninos”… Claro que haverá sempre excepções que confirmam a regra: por exemplo Deco, Pepe ou Raúl Meireles.


Imbecis há muitos

13/10/2009

Bruxo de Fafe é “estrela” na imprensa espanhola

Mas será que eu sou o único a pensar que há coisas imbecis demais. E esta dos bruxos e do CR9 é uma delas?
A nossa comunicação “dita” social por vezes é muito imbecil, mas o que dizer destes espanhóis?


Estou convencido…

01/10/2009

Não sou como os benfiquistas, que contratam um qualquer desconhecido e no dia seguinte já é o maior craque, ou futuro craque, do mundo. As páginas de jornais enchem-se de comentários e entrevistas a gente do futebol que confirma ser essa contratação o próximo Pelé, o novo Maradona ou uma cópia de Ronaldo.

Quando o FC Porto contratou Falcão, fiquei na mesma. Apesar de alguma excitação de outros adeptos, a mim não me aqueceu nem arrefeceu. Sempre que me perguntaram “e o Falcão… que craque hein?” respondi “para mim é uma merda até marcar 20 golos numa temporada e fazer exibições como Lisandros, McCarthys, Jardeis e afins“.

O facto é que perante este início de época, as exibições nos últimos jogos, os golos marcados, a vontade demonstrada, a atitude em campo… e depois do golo de ontem… estou convencido. Falcão é craque !!

Venha mais um fino para festejar a vitória de ontem.


%d bloggers like this: