Hulk e CR7: a inveja dos milhões, carrões e mulherões

06/11/2011

A qualidade (ou falta dela) do jornalismo desportivo português está bem patente nas capas dos diários de hoje. As referências ao jogo entre o FC Porto e o SC Olhanense colocam ênfase em Hulk, como se fosse ele culpado pelos recentes desaires. Infelizmente percebe-se muito pouco de futebol nas redacções dos jornais.

Mas o mais greve é que alguns jornalistas até percebem de futebol, só que sabem como é o “tuga” e “vendem” o que ele quer “comprar”. O problema é que assim, o cerne da questão (neste caso, Vítor Pereira) não é posto em causa e o problema persiste. Prestam um mau serviço ao clube, à competição, e ao futebol.

O “tuga” percebe zero de futebol porque isso implicaria pensar e estar atento ao jogo. Ao invés ele só se preocupa em descarregar as suas frustrações. Por isso culpa o alvo mais fácil: os jogadores estrela, como Hulk ou CR7. Por uma única razão: inveja. Gozem, mas CR7 tem razão. São eles que têm milhões, carrões e mulherões.


%d bloggers like this: