Só um 4-0 na Luz lhes abrirá os olhos

22/02/2012

Há cerca de um mês atrás eu escrevi: “O pior cego é aquele que não quer ver“. E o facto é que, mesmo depois de mais uma eliminação de competição, ainda há quem teime em manter os olhos fechados e não se cure da “Clubite Aguda”.

Digo isto porque, depois de mais uma derrota (palavra suave porque na realidade foi uma humilhação por 4-0), ainda há quem diga que a culpa não é de Vítor Pereira – o homem que ocupa o lugar de treinador do FC Porto.

Sobre o jogo de Manchester apenas duas achegas. Num jogo em que o FC Porto tinha de marcar mais de dois golos não houve avançados-centro. A 30 minutos do final Lucho Gonzalez jogava a avançado-centro com 3 extremos nas costas.

O FC Porto já foi eliminado da Liga dos Campeões, da Liga Europa e da Taça de Portugal. O campeonato não corre melhor. Mas Vitor Pereira ainda é treinador do FC Porto. E é apenas por causa da cegueira de grande parte dos adeptos.

A questão é que essa grande parte de adeptos apenas vive o clube com um objectivo: ganhar ao SL Benfica. E esses adeptos (que o clube não merece) só irão abrir os olhos quando perderem no Estádio da Luz por 3-0 ou 4-0.

É que nem sequer a derrota por 1-0 ou 2-1 os fará abrir os olhos. Porque a “Clubite Aguda” é tal que, como habitualmente, arranjariam uma expulsão ou um lance duvidoso na área para desculparem o desaire frente ao rival.

O problema é que depois de perder na Luz para o Campeonato, a época fica irremediavelmente perdida, e nem sequer a Taça da Liga (na qual o FC Porto disputará a meia-final também na Luz com o SL Benfica) salva um ano para esquecer.


%d bloggers like this: